X/Twitter começa a vender perfis parados por US$ 50 mil

X/Twitter começa a vender perfis parados por US$ 50 mil

Novo programa do X ainda não tem data de lançamento (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A rede social X (antigo Twitter) iniciou um programa de venda de perfis de usuários que estão inativos. Conforme a Forbes, a plataforma está desenvolvendo um “mercado de usernames” para a compra de nomes de contas que não são utilizadas pelas pessoas que criaram.

As informações revelam que a rede social de Elon Musk já começou a enviar e-mails para potenciais compradores. Os interessados podem adquirir um perfil inativo por uma taxa fixa de US$ 50 mil (cerca de R$ 245 mil na atual conversão entre as moedas).

Perfis com mais de 30 dias acesso do usuário serão considerados inativos (Imagem: Divulgação/X)

De acordo com os e-mails obtidos pela Forbes, o X trabalha há meses para colocar o “mercado de usernames” no ar. Funcionários citam que a plataforma atualizou as diretrizes, os processos e as taxas visando o início do programa.

Até a última sexta-feira (3), as páginas de política de registro de contas e de perfis inativos ainda afirmavam que “não podemos liberar nomes de usuários inativos”. Entretanto, há um alerta de que é necessário realizar login a cada 30 dias para evitar ser considerado um perfil inativo.

A Forbes entrou em contato o X para saber mais detalhes sobre o novo programa. No entanto, o e-mail de contato de imprensa retornou a mensagem apenas dizendo: “Ocupado agora, verifique novamente mais tarde”.

Elon Musk sugeriu a criação de um “marketplace” de contas em novembro de 2022 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Roteiro do X até as vendas de perfis

O programa de venda de perfis inativos foi uma das primeiras ideias de Elon Musk após a aquisição do Twitter. Em novembro de 2022, o bilionário e dono da rede social comentou a existência de inúmeras contas que eram controladas por “bots e trolls” e que pretendia “libertá-las” em breve.

Na época, o então CEO da plataforma ainda sugeriu a criação de um “marketplace de perfis”. Assim, o espaço permitiria que os usuários vendessem contas para outras pessoas e a plataforma cobraria uma comissão em cima das negociações.

Conforme uma reportagem do New York Times em janeiro de 2023, o X estava desenvolvendo o programa de venda de perfis inativos e planejava liberar até 1,5 bilhão de nomes de contas. Em maio deste ano, a plataforma começou a excluir diversas contas inativas.

Com informações: Forbes
X/Twitter começa a vender perfis parados por US$ 50 mil

X/Twitter começa a vender perfis parados por US$ 50 mil
Fonte: Tecnoblog