Category: Nubank

Nubank e Mercado Livre testam função do Android contra golpe da mão fantasma

Nubank e Mercado Livre testam função do Android contra golpe da mão fantasma

Nubank e Mercado Livre são citados durante Google I/O 2024 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

O Nubank e o Mercado Livre estão entre empresas que testam uma nova e interessante função do Android contra golpes digitais. O recurso chamado de Risco de Acesso a App foi apresentado nesta semana, durante o evento Google I/O 2024, que acontece nos Estados Unidos.

Ele faz parte da API de Integridade do Google Play, a mesma que os aplicativos de smartphone utilizam para evitar outras ameaças digitais. De acordo com o Google, a ferramenta permite que um software saiba se outro app está capturando imagens da tela, exibindo algo sem que o usuário tenha autorizado ou controlando o dispositivo por completo.

Sundar Pichai faz a abertura do Google I/O 2024 (Imagem: Reprodução/Google)

A novidade prevista para o Android 15 deve se tornar particularmente interessante para no combate ao golpe da mão fantasma, que costuma chegar em formato de malware e dá acesso remoto do telefone a invasores. Ele ganhou este apelido no Brasil porque a impressão, segundo vítimas, é de que uma mão invisível está executando atividades dentro do celular.

Segundo relatos, o golpe da mão fantasma pode levar a transferências por Pix e outras movimentações que causam perdas financeiras.

Google Play pede que usuário feche apps de monitoramento antes de prosseguir (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

O Google estima que as ferramentas da API de integridade fazem com que o uso não autorizado de apps despenque 80%. O Nubank e o Mercado Livre – que além de loja online, também atua fortemente no setor financeiro com o Mercado Pago – fazem parte do chamado acesso antecipado da ferramenta.

Ainda de acordo com a empresa, 2,3 milhões de apps nocivos deixaram de ser publicados na Play Store em 2023. Cerca de 330 mil desenvolvedores foram banidos por atividades maliciosas e US$ 10 milhões foram pagos a pesquisadores de segurança que encontraram problemas na loja de apps.

No vídeo abaixo, confira recursos de segurança anunciados no Google I/O

Nubank e Mercado Livre testam função do Android contra golpe da mão fantasma

Nubank e Mercado Livre testam função do Android contra golpe da mão fantasma
Fonte: Tecnoblog

O superapp do Nubank e o chat com todos os chats

O superapp do Nubank e o chat com todos os chats

O Nubank está trazendo novos recursos e serviços a seus clientes. Além de consolidar a frente de investimentos em seu próprio app, abandonando a plataforma Nuinvest, o banco vai oferecer uma conta internacional e terá a sua própria operadora de celular. Estaria a empresa tentando criar a versão brasileira dos super apps? No primeiro bloco, discutimos os movimentos recentes da fintech.

O superapp do Nubank e o chat com todos os chats (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

No segundo bloco, conversamos sobre o Beeper, agregador de chats comprado recentemente pela dona do WordPress. A ideia é concentrar num lugar só as conversas de aplicativos como WhatsApp e Telegram, mas também as DMs do Instagram, LinkedIn e Slack. Existe demanda por esse tipo de produto? E o que será que empresas como Apple e Meta acham dessa história?

Dá o play e vem com a gente!

Participantes

Thiago Mobilon

Thássius Veloso

Ana Marques

Josué de Oliveira

Mande seu recado

Grupos da Caixa Postal do Tecnocast:

Telegram: t.me/caixapostaltecnocast

WhatsApp: https://tbnet.me/caixapostaltecnocast

Você pode mandar comentários (inclusive em áudio, vai que você aparece no Tecnocast?), dúvidas, críticas e sugestões. Participe!Se preferir, você também pode se comunicar conosco pela Comunidade e através do e-mail tecnocast@tecnoblog.net.

Entre também no nosso canal no WhatsApp.

Créditos

Produção: Josué de Oliveira

Edição e sonorização: Ariel Liborio

Arte da capa: Vitor Pádua

Assine o Tecnocast

Google Podcasts

Apple Podcasts

Spotify

Pocket Casts

Android (outros apps)

Feed RSS

Buzzsprout

O superapp do Nubank e o chat com todos os chats

O superapp do Nubank e o chat com todos os chats
Fonte: Tecnoblog

Nubank lança conta em dólar e euro com eSIM grátis para usar no exterior

Nubank lança conta em dólar e euro com eSIM grátis para usar no exterior

Nubank lança Conta Global com saldo em dólar e euro (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O Nubank anunciou sua conta global, uma boa novidade para quem costuma fazer viagens internacionais. Esse tipo de serviço ajuda a economizar no câmbio e IOF, e conta com cartão de débito para saques e compras. Como benefício, os clientes terão eSIM grátis para usar internet móvel no exterior sem depender de tarifas de roaming.

A conta internacional do Nubank estará disponível inicialmente para clientes com o cartão de crédito Ultravioleta. Os usuários poderão garantir acesso antecipado dentro do aplicativo, na área exclusiva para os clientes de alta renda.

Na conta global do Nubank será possível ter saldo em dólar ou euro, embora o cartão de débito permita saques e compras em mais de 200 países. O serviço foi lançado em parceria com a Wise, que possui conta global própria.

De acordo com a instituição financeira, a conta global terá taxa de câmbio de 0,9%. Além disso, o cliente deverá pagar pelo IOF de câmbio com alíquota de 1,1%. Isso pode trazer uma boa economia ao comparar com o spread e impostos de cartão de crédito — o Nubank afirma que a diferença pode chegar a até 9%.

Um dos benefícios interessantes da conta global do Nubank é o eSIM para uso em viagens internacionais. Será possível emitir o chip virtual uma vez por ano, com direito a 10 GB de internet válidos durante 30 dias com cobertura em “mais de 40 países”.

Ao menos para clientes Ultravioleta, o Nubank não cobrará taxa de manutenção, abertura ou emissão do cartão de crédito. A fintech não informou planos e tarifas para clientes que não estão na segmentação. Para ser cliente Ultravioleta é necessário pagar uma mensalidade de R$ 49; é possível zerar a taxa ao atingir R$ 5 mil por mês na fatura do cartão de crédito ou manter pelo menos R$ 50 mil investidos na NuInvest.

Mercado de contas internacionais possui ampla concorrência

Ainda que seja uma boa novidade, a conta global do Nubank não é exatamente inovadora, uma vez que serviços similares são oferecidos por outras fintechs e até mesmo bancos tradicionais.

Mercado de contas globais possui ampla concorrência (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Uma das contas mais populares é o Wise, que é a parceira do Nubank para o novo produto. O serviço é gratuito, mas exige um depósito de R$ 100 para ter o cartão físico. É possível ter saldo em mais de 40 moedas diferentes, incluindo dólar e euro.

A Nomad também é uma referência quando se trata de contas internacionais, e não cobra taxas de abertura ou manutenção. Com saldo apenas em dólar, a fintech inclui cartão de débito para compras e saques em mais de 180 países, e também permite investir em renda fixa, ações e fundos do mercado americano.

Os brasileiros também têm à disposição contas internacionais de outras instituições financeiras, como Avenue (parceira do Itaú), Banco Inter, BB Americas (Banco do Brasil), C6 Bank, Go Multi (antigo Banco BS2), My Account Bradesco, Santander Select Global e Revolut.
Nubank lança conta em dólar e euro com eSIM grátis para usar no exterior

Nubank lança conta em dólar e euro com eSIM grátis para usar no exterior
Fonte: Tecnoblog

App do Nubank agora avisa quando tem ligação do banco para você

App do Nubank agora avisa quando tem ligação do banco para você

App do Nubank informa que cliente “pode confiar” na ligação (Imagem: Divulgação/Nubank)

Resumo

O Nubank lançou o recurso Chamada Verificada para informar aos seus clientes, por meio do app oficial, sobre a autenticidade de ligações recebidas do banco. A medida melhora a segurança e ajuda a combater golpes.
A verificação da chamada só é possível após o cliente atender a ligação e, em seguida, acessar o app oficial para confirmar se é uma comunicação legítima do banco. Ela também se aplica a ligações feitas por parceiros credenciados do Nubank.
A funcionalidade não é ativada caso o cliente faça a ligação para o Nubank.

O Nubank anunciou nesta quinta-feira (4) o recurso de Chamada Verificada, que informa no próprio app se a ligação que o cliente está recebendo é proveniente do banco. A ferramenta traz um novo card na tela inicial, onde mostrará se há ou não uma ligação do banco para o cliente. O lançamento do Chamada Verificada é gradual, com a previsão de chegar para todos os usuários nas próximas semanas.

O card de notificação do recurso fica na parte superior da tela, junto de outros avisos. No entanto, a confirmação da Chamada Verificada não será enviada para a barra de notificações do smartphone. É necessário que o usuário abra o aplicativo para conferir a autenticidade da chamada.

Chamada Verificada fica ativa apenas ao atender a ligação

Como explica o Nubank através do comunicado enviado a imprensa, o Chamada Verificada só informa a autenticidade da ligação após o cliente atender. Então, o usuário do banco precisa aceitar a chamada e abrir o app para confirmar que se trata de uma ligação do Nubank.

App do Nubank informa: “estamos falando com você no telefone” (Imagem: Divulgação/Nubank)

Pode ser pouco prático atender uma ligação, navegar no smartphone e abrir o app para verificar a autenticidade — este que vos escreve acha chato ter que mexer no celular em ligação. Contudo, muito mais incômodo é cair num golpe e ter que lidar com problemas bancários. Este recurso ajudará a evitar os golpes da falsa central, no qual os criminosos se passam por funcionários do banco.

O Nubank explica que o Chamada Verificada só é ativado em ligações aceitas feitas pela empresa. Chamadas realizadas por parceiros credenciados também são identificadas no recurso. No entanto, o app não ativa a função se o cliente é quem realiza a ligação. Ou seja, se você recebeu um golpe de SMS dizendo que houve uma compra não reconhecida, ligar para o número indicado na mensagem não receberá o check da Chamada Verificada.

Anatel quer identificar motivos de ligações

Empresas de telecomunicações iniciam testes do Stir/Shaken em rede aberta (Ilustração: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Ainda nesta semana, a Anatel iniciou os testes de identificação de chamada utilizando o protocolo Stir/Shaken. A proposta deste recurso é permitir que o usuário saiba qual empresa está ligando e o motivo da ligação. Assim como o Chamada Verificada, o recurso da Anatel poderá combater tentativas de golpes. O sistema da Anatel exigirá que Apple, Motorola, Samsung, Xiaomi e outras fabricantes adaptem o app nativo de telefone para exibir as novas informações.
App do Nubank agora avisa quando tem ligação do banco para você

App do Nubank agora avisa quando tem ligação do banco para você
Fonte: Tecnoblog

Como bloquear um cartão Nubank em caso de roubo

Como bloquear um cartão Nubank em caso de roubo

Bloquear seu cartão Nubank é o processo para desativar temporariamente o seu cartão de crédito ou débito emitido pela instituição financeira. Em caso de roubo do celular, ou do próprio cartão, realizar o bloqueio é uma medida de segurança importante para evitar o uso não autorizado de sua conta por terceiros.

O procedimento pode ser feito pela plataforma “Me Roubaram”, do Nubank, em um PC ou outro smartphone, impedindo transações não autorizadas. Para bloquear, acesse o site da ferramenta, faça login com seu CPF e selecione a opção de bloqueio.

O “Me Roubaram” também permite que o usuário desconecte sua conta de outros dispositivos. É importante destacar que o procedimento inativa todos os seus cartões, exigindo desbloqueio em outro aparelho para reativá-los. Entenda melhor nas linhas abaixo.

Nubank (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Índice1. Acesse a plataforma “Me Roubaram” do Nubank2. Digite o CPF e sua senha de acesso3. Informe se o roubo foi do seu cartão Nubank ou celular4. Clique na opção “Bloquear e continuar”5. Desconecte sua conta Nubank de todos os dispositivosO que acontece ao bloquear o cartão do Nubank?Preciso entrar em contato com o Nubank para bloquear o cartão?Dá para saber se o cartão Nubank já está bloqueado?É possível rastrear meu cartão Nubank roubado?Qual a diferença entre bloquear e cancelar um cartão do Nubank?Posso pedir outro cartão Nubank em caso de perda ou roubo?

1. Acesse a plataforma “Me Roubaram” do Nubank

A ferramenta permite bloquear seu cartão Nubank diretamente pelo site. Acesse a plataforma pelo endereço app.nubank.com.br/roubo/.

2. Digite o CPF e sua senha de acesso

O “Me Roubaram” necessita que o usuário faça login pelo site informando CPF e sua senha de acesso do aplicativo. Insira os dados necessários e clique em “Continuar”.

3. Informe se o roubo foi do seu cartão Nubank ou celular

Clique nas opções exibidas na tela para informar se roubaram seu cartão ou celular. Também é possível selecionar as duas opções. Na sequência, vá até “Continuar”.

4. Clique na opção “Bloquear e continuar”

Para bloquear seu cartão Nubank em caso de roubo é preciso selecionar a opção “Bloquear e continuar”. É importante ressaltar que todos os cartões vinculados ao seu CPF serão bloqueados imediatamente, incluindo conta PJ, cartões virtuais e adicionais.

5. Desconecte sua conta Nubank de todos os dispositivos

O Nubank também permite que o usuário desconecte a conta do celular que foi roubado. Basta selecionar a opção “Desconectar e continuar” para que os aparelhos não tenham mais acesso ao aplicativo.

O que acontece ao bloquear o cartão do Nubank?

Ao fazer o bloqueio do seu cartão Nubank pela plataforma todos os cartões vinculados à sua conta ficarão inativos temporariamente. Dessa forma, não será possível usar cartões virtuais, PJ, adicionais ou pagamentos por aproximação enquanto o usuário não fizer o desbloqueio em outro aparelho.

Preciso entrar em contato com o Nubank para bloquear o cartão?

Não. Porém, de acordo com o Nubank, mesmo após o bloqueio do cartão pelo “Me Roubaram” é preciso que o usuário entre em contato com o banco pela central de atendimento para informá-los sobre a situação. A instituição financeira pode ser contatada via chat, e-mail (meajuda@nubank.com.br), telefone ou redes sociais.

Além disso, é importante que o usuário saiba o que fazer caso tenha o celular roubado ou furtado. Bloquear IMEI e chip junto à operadora, apagar os dados do smartphone remotamente, além de fazer boletim de ocorrência são algumas dicas.

Qual o telefone da central de atendimento do Nubank?

Para entrar em contato com o Nubank via telefone é preciso ligar para 4020 0185, no caso de capitais e regiões metropolitanas, e no 0800 591 2117 para demais localidades.

Dá para saber se o cartão Nubank já está bloqueado?

Sim, para saber se seu cartão Nubank foi bloqueado basta acessar sua conta em outro dispositivo. No app, acesse a área de cartões e verifique se a opção “Desbloquear” aparece na tela. Caso o cartão ainda não tenha sido bloqueado, toque em “Bloquear”.

É possível rastrear meu cartão Nubank roubado?

Não é possível saber a localização do seu cartão Nubank em caso de roubo ou furto. No entanto, o usuário consegue rastrear o celular pelos aplicativos oferecidos por Google, Samsung, Xiaomi ou iPhone, dependendo do modelo do seu aparelho.

Qual a diferença entre bloquear e cancelar um cartão do Nubank?

Ao cancelar um cartão do Nubank o usuário não consegue mais usar essa forma de pagamento, sendo um procedimento irreversível. Já o bloqueio é algo temporário, ou seja, é possível desbloquear o cartão para usar novamente quando preferir.

Posso pedir outro cartão Nubank em caso de perda ou roubo?

Sim, o usuário pode pedir a segunda via do cartão Nubank diretamente pelo aplicativo. Basta acessar a área de cartões, informar que seu cartão foi perdido ou danificado e esclarecer o motivo para a solicitação de uma segunda via. Durante o envio, é possível ainda rastrear o cartão de crédito emitido pelo Nubank.
Como bloquear um cartão Nubank em caso de roubo

Como bloquear um cartão Nubank em caso de roubo
Fonte: Tecnoblog

Fintech N26 chega ao fim no Brasil e cartões são cancelados

Fintech N26 chega ao fim no Brasil e cartões são cancelados

Cartão de crédito da N26 tinha bandeira Mastercard (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Chegou o dia: todos os cartões de crédito emitidos pela N26 no Brasil serão cancelados nesta quinta-feira (7). De origem alemã, a fintech iniciou as operações brasileiras em 2021 para disputar mercado com plataformas como Nubank e PicPay, mas não teve sucesso. Diante disso, a empresa decidiu sair do país.

Faturas devem ser pagas normalmente

O cancelamento dos cartões de crédito impede que novas compras sejam feitas com eles, obviamente, mas a fintech ressalta que as faturas devem ser pagas normalmente.

Em caso de atraso, haverá incidência de juros e multa sobre o valor devido. Além disso, o não pagamento poderá levar à negativação do usuário (o famoso “nome sujo”), mesmo com a N26 estando inoperante no Brasil.

Se a fatura for fechada quando o aplicativo da N26 não estiver mais funcionando ou se o pagamento estiver sendo feito em parcelas, os boletos correspondentes serão enviados por e-mail.

Empresa recomenda transferência do saldo até o dia 18

Clientes que ainda possuem saldo no aplicativo da N26 têm até 18 de dezembro de 2023 para transferir o valor para uma conta em outra instituição. Após essa data, o app exibirá apenas uma tela que direciona o usuário para um formulário de solicitação de retirada de dinheiro.

Para prevenir fraudes, o formulário exigirá o fornecimento de vários dados, incluindo uma foto para validação facial. O processo é trabalhoso e pode demorar até dez dias úteis para ser concluído. Por isso, é prudente retirar eventuais valores da conta na N26 antes do dia 18.

Informes de rendimento para declaração de imposto de renda serão enviados por e-mail no começo de 2024.

N26 tentou emplacar com conceito de “fincare”

A N26 começou a operar no Brasil em novembro de 2021, inicialmente com os “insiders”, grupo de clientes que se cadastraram para testar a plataforma. Após os testes iniciais, a fintech introduziu o conceito de “fincare”, com o qual tentava se diferenciar de rivais como Nubank, PicPay e Mercado Pago prometendo ajudar o cliente a cuidar do seu dinheiro com planejamento e organização financeira.

Além de um cartão de crédito com bandeira Mastercard Gold, a N26 oferecia uma conta digital que dava direito ao “Spaces”, modalidade com a qual o usuário guardava dinheiro com rendimento de 100% do CDI mais 1% para cada R$ 100 gastos no cartão.

E-mail da N26 com aviso de redução de limite (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Porém, as operações da N26 eram limitadas. O aplicativo da fintech apresentava instabilidades com frequência e tinha várias funções ausentes, a exemplo da fatura do cartão, que só podia ser paga com saldo em conta, sem opção de boleto ou Pix.

Outras restrições incluíam falta de integração com serviços como Apple Pay e Google Pay, lista de espera para criação de contas e, para muitos usuários, limite de cartão de crédito baixo ou diminuído com o passar do tempo.

N26 anunciou fim das operações em novembro

Com dificuldades para escalar as operações e atrair investimentos, a N26 anunciou a decisão de sair do Brasil em novembro. Na ocasião, a companhia informou ao Tecnoblog que “a decisão reflete a estratégia da empresa de focar seus esforços nos mercados-chave europeus”. A N26 tinha cerca de 200 mil clientes no país.

Post de despedida da N26 no Instagram (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

O encerramento das operações no Brasil não é um movimento inédito para a fintech. Em novembro de 2021, mesma época em que iniciava suas operações em território brasileiro, a N26 desistiu de operar nos Estados Unidos, país em que havia chegado em 2019. A necessidade de altos investimentos para manter as operações americanas foi um dos motivos para a decisão.
Fintech N26 chega ao fim no Brasil e cartões são cancelados

Fintech N26 chega ao fim no Brasil e cartões são cancelados
Fonte: Tecnoblog

App do Nubank vai bloquear ligações de golpe do falso call center

App do Nubank vai bloquear ligações de golpe do falso call center

Nubank no celular (Imagem: Divulgação/Nubank)

Se você acompanha as notícias, deve saber que toda hora surge um golpe novo. O Nubank vai ajudar seus clientes a não cair em uma dessas ciladas. O aplicativo do banco vai contar com o Alô Protegido, ferramenta para bloquear ligações de criminosos se passando pela central de atendimento da empresa. O anúncio ocorreu hoje.

A ferramenta está disponível no app do Nubank para Android — nada de iOS por enquanto. Quando ela é ativada, o aparelho passa a bloquear chamadas de linhas “camufladas” com o número da central da empresa.

Nos últimos anos, um golpe relativamente que se tornou relativamente comum é o do falso call center. Os criminosos usam spoofing para esconder seu número real atrás de um número legítimo, como o de um serviço de atendimento ao cliente (SAC). Assim, conquistam a confiança da vítima, levando-a a compartilhar senhas ou fazer movimentações financeiras.

Para ativar o Alô Protegido, é só seguir estes passos:

Abra o app do Nubank.

Vá até o menu “Segurança”.

Toque em “Alô Protegido” e, em seguida, no botão para ativar.

Aperte “Permitir” para autorizar o app do Nubank a gerenciar suas chamadas.

O Nubank diz ser a primeira empresa financeira do mundo a oferecer um recurso deste tipo. “Queremos ir além das campanhas educacionais e trazer uma solução eficaz para combater chamadas fraudulentas e proteger ainda mais nossos clientes”, diz Fabiola Marchiori, vice-presidente de engenharia da empresa.

Como ativar o Alô Protegido (Imagem: Divulgação/Nubank)

Nubank tem outras ferramentas contra golpes

A proteção foi anunciada nesta segunda-feira (13), como parte de uma campanha chamada “#PareceMasNãoÉoNubank”. A iniciativa visa alertar para tentativas de golpes em que os criminosos fingem ser do banco.

Além disso, o Nubank alerta que não pede para seus clientes baixarem aplicativos, realizarem transferências ou trocarem senhas. A empresa recomenda que, em caso de uma ligação recebida dizendo ser do banco, o usuário desligue a chamada e entre em contato pelos canais oficiais de atendimento.

Nos últimos anos, clientes do Nubank usaram as redes sociais para relatar diferentes tipos de golpes e fraudes. Os casos eram dos mais variados, incluindo movimentações indevidas na conta depois do roubo do celular, sites falsos que pediam selfies e criminosos se passando por funcionários.

A empresa tomou algumas medidas para tentar proteger os clientes. Uma delas é o SOS Nu, área do aplicativo com instruções sobre o que fazer em casos de fraudes. Outra ferramenta é o Modo Rua, que ativa proteções extras quando o aparelho está fora de um endereço cadastrado.
App do Nubank vai bloquear ligações de golpe do falso call center

App do Nubank vai bloquear ligações de golpe do falso call center
Fonte: Tecnoblog

Apple Brasil libera função que transforma iPhone em maquininha de pagamento

Apple Brasil libera função que transforma iPhone em maquininha de pagamento

O iPhone pode se tornar mais uma ferramenta para que lojistas e empreendedores recebam pagamentos pelos produtos comercializados e serviços prestados. A Apple anunciou nesta terça-feira (19) a chegada da função Tap to Pay ao Brasil. Basta encostar o smartphone, Apple Watch ou cartão de crédito ao iPhone para que a transação seja validada.

Tap to Pay requer funciona por NFC (Imagem: Divulgação/Apple)

A Apple explicou que inicialmente a função será ofertada pela empresa de soluções de pagamento CloudWalk, por meio da marca InfinitePay. Ele deve chegar “em breve” a Nubank, Stone, SumUp e Granito.

O Tap to Pay funciona via NFC. O contactless permite a comunicação entre o método de pagamento e o iPhone – que, neste caso, se transforma num terminal para recebimento de valores.

Além do próprio Apple Wallet e de outras carteiras digitais, o Tap to Pay também é compatível com cartões de crédito e de débito das bandeiras American Express, Mastercard e Visa.

Tap to Pay da Apple aceita pagamento com cartão de crédito (Imagem: Divulgação/Apple)

Requer iPhone XS

De acordo com a Apple, os lojistas e demais empreendedores interessados no Tap to Pay vão precisar de um iPhone XS ou posterior. Também será necessário que a fornecedora de soluções de pagamento ofereça essa possibilidade. A partir daí, seria possível substituir as maquininhas de pagamento por um smartphone da Apple.

“Estamos empolgados em habilitar essa tecnologia no Brasil para nossos usuários da plataforma InfinitePay. Nosso objetivo é democratizar o acesso aos serviços de pagamento mais inovadores do mundo e fornecer aos comerciantes a capacidade de aceitar pagamentos rapidamente, e a integração do Tap to Pay no iPhone é um passo significativo nessa direção”, disse o fundador e CEO da CloudWalk, Luis Silva, em nota distribuída à imprensa.

Desde 2022 no Android

Os comerciantes podem baixar o aplicativo InfinitePay na App Store e se inscrever para começar a aceitar pagamentos sem contato em questão de minutos. Não foram revelados detalhes sobre taxas e condições de adesão.

A CloudWalk explicou que oferece tecnologia similar ao Tap to Pay em smartphones com sistema Android desde 2022.
Apple Brasil libera função que transforma iPhone em maquininha de pagamento

Apple Brasil libera função que transforma iPhone em maquininha de pagamento
Fonte: Tecnoblog

Nubank terá cartão virtual temporário para compras online

Nubank terá cartão virtual temporário para compras online

O Nubank anunciou nesta quinta-feira (3) que oferecerá a opção de criar cartões virtuais que expiram em 24 horas. A ideia é oferecer mais segurança, evitando cobranças indevidas ou mesmo fraudes com os dados do cartão.

Nubank (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O recurso começará a ser disponibilizado em 7 de agosto. O processo para criar um cartão virtual temporário é praticamente o mesmo que para criar outros tipos de cartões virtuais.

No app do Nubank, toque em “Meus cartões”.

Escolha a opção “Criar cartão virtual temporário”.

Digite a senha de quatro dígitos.

Após a criação, toque em “Ver meus cartões”.

Toque sobre o cartão virtual temporário, copie os dados e use na loja online desejada.

A principal diferença do cartão virtual temporário é que ele deixa de funcionar depois de 24 horas. Na área “Meus cartões”, há um aviso de quanto tempo falta para expirar. Ao atingir o prazo, o cartão é excluído, e o cliente recebe uma notificação.

Como criar cartão virtual temporário do Nubank (Imagem: Divulgação/Nubank)

Todos os outros recursos do cartão continuam valendo: o limite é o mesmo, assim como as opções de parcelamento.

Como o cartão expira, ele não vai funcionar em carteiras digitais (PicPay, Mercado Pago, Ame e outras), aplicativos (Uber e outros) e assinaturas (Spotify, Netflix e outros).

Atualmente, o Nubank já permite criar vários cartões e excluí-los quando desejado. Você pode, portanto, gerar um cartão virtual para uma compra e apagá-lo logo em seguida. O novo recurso automatiza esse processo.

Recursos parecidos já existem em outros bancos

O cartão virtual temporário do Nubank é semelhante a outras ferramentas disponíveis tanto nos grandes bancos quanto nas fintechs.

O Itaú, por exemplo, conta também com um cartão virtual temporário, que expira em 48 horas. No Bradesco, o funcionamento é parecido.

Já o C6 Bank troca periodicamente o código de segurança, evitando que dados antigos sejam utilizados com sucesso. BTG Pactual e Santander também usam essa tática.

O Banco do Brasil, por sua vez, permite criar vários cartões e personalizar limite, quantidade de vezes que pode ser usado e data de validade.
Nubank terá cartão virtual temporário para compras online

Nubank terá cartão virtual temporário para compras online
Fonte: Tecnoblog

Falha no Nubank impede depósito via boleto; veja resposta oficial

Falha no Nubank impede depósito via boleto; veja resposta oficial

Clientes do Nubank estão com problemas para que o pagamento de boletos seja convertido em valores nas contas. Mesmo depois de realizarem a transação, o depósito não é completado, segundo relatos web. O Nubank reconhece que o time “identificou uma oscilação”. A empresa explica ao Tecnoblog que entrará em contato com os clientes afetados e que “novas operações estão sendo realizadas normalmente desde o dia 12”.

Clientes estão há mais de três dias esperando depósito (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Por ora não se sabe a extensão da falha. O fórum online do Nubank registra queixas pelo menos desde segunda-feira (10). Uma pessoa diz nele que realizou o pagamento de um boleto emitido pelo Nubank numa casa lotérica, mas que o débito continua em aberto.

Prazo de três dias

“O que fazer se o valor não cair em três dias?”, questiona a consumidora. Ela faz menção à regra de que os boletos podem levar até três dias para serem processados. No entanto, outros clientes do Nubank dizem que o prazo se esgotou e a situação permanece sem solução.

Um dos participantes recomendou que os clientes afetados entrem em contato com o Nubank pelo chat e mostrem os comprovantes, para que a equipe de atendimento tome as providências. Outro lamentou que “ultimamente os depósitos por boleto estão demorando mais do que o normal”.

nossa gente eu fiz um depósito por boleto na nubank segunda feira e ainda não caiu queria ver se fosse eu atrasando a fatura do cartão se já não teriam me colocado no serasa pic.twitter.com/sLgfot1YfC— davi (@fckdavee) July 13, 2023

Relato de consumidor no fórum oficial do Nubank (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)

Sem depósito na conta

A plataforma Reclame Aqui também registra queixas. Uma dessas pessoas relata que o pagamento do boleto foi realizado numa agência da Caixa na última segunda-feira (10). No entanto, o crédito não foi efetuado na conta dela. “O banco não dá nenhuma atenção ao caso”, desabafa. Realmente, a postagem está sem resposta oficial da empresa liderada por David Vélez, Cristina Junqueira e Guilherme Lago.

O Nubank enviou uma nota oficial ao Tecnoblog na qual explica que está atuando para resolver a situação. A empresa enfatiza que “o prazo para a conclusão das operações é de até três dias úteis, o que quer dizer que operações realizadas no início da semana podem ser concluídas em breve”.
Falha no Nubank impede depósito via boleto; veja resposta oficial

Falha no Nubank impede depósito via boleto; veja resposta oficial
Fonte: Tecnoblog