Category: Telecomunicações

Amazon responde Anatel e se diz “surpresa” com decisão sobre celular pirata

Amazon responde Anatel e se diz “surpresa” com decisão sobre celular pirata

Lojistas usam Amazon para oferecer celulares contrabandeados, segundo CNCP (Ilustração: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Resumo

A Amazon afirma estar surpresa com o plano da Anatel e alega esforços colaborativos anteriores.
A empresa defende que atua com altos padrões de qualidade e em conformidade com a legislação.
Ela solicita a cooperação da Anatel para disponibilizar uma base de dados completa de produtos certificados.
A Amazon também diz que implementou medidas como a exigência de homologação, a remoção de produtos irregulares, varreduras no catálogo e treinamentos para vendedores.

A Amazon divulgou uma nota oficial na qual se diz “surpresa” com o plano da Anatel para dar um freio de arrumação no contrabando de celulares no país. Cerca de metade da loja virtual seria composta por aparelhos de origem irregular, segundo dados apresentados pela agência reguladora.

Tanto a Amazon quanto o Mercado Livre estão na mira de um programa de conformidade para coibir a venda de telefones que chegam ao país por importação clandestina, sem homologação da Anatel nem recolhimento de impostos.

Dirigentes da agência afirmam que eles eliminam empregos e colocam a vida das pessoas em risco. As empresas que não se adequarem poderão levar multa entre R$ 200 mil e R$ 6 milhões. A próxima medida seria “extrema”: o bloqueio dos sites em território nacional, de acordo com Carlos Baigorri, presidente da agência.

Em nota, a Amazon diz que a medida cautelar assinada ontem e publicada hoje no Diário Oficial “não reflete os esforços colaborativos empenhados pela Amazon Brasil em tratativas com a própria agência durante todo esse período”. Também alega que “sempre se posicionou aberta ao diálogo”.

Redmi Note 12 em versão “global” é o smartphone mais vendido da Amazon (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

A gigante americana ainda cobra apoio da Anatel no sentido de informar quais aparelhos estão homologados ou não no país. “O combate aos produtos irregulares depende da cooperação do próprio Poder Público, a começar pela disponibilização de uma base de dados de produtos certificados que seja completa e que permita o aprimoramento dos processos de verificação da conformidade das ofertas”, afirma a Amazon.

Ela defende que “atua com os mais elevados padrões de qualidade a fim de atender aos seus clientes e à legislação aplicável”, além de responder rapidamente às agências reguladoras, para que “os consumidores sejam priorizados e tenham uma experiência de compra segura e de qualidade.”

A empresa lembra medidas de enfrentamento ao contrabando. Em resumo, são elas:

Obrigatoriedade do preenchimento do número de homologação da Anatel durante o cadastro do produto por todos os vendedores parceiros do marketplace (em vigor desde outubro de 2023).

Varreduras frequentes e remoções de celulares listados na Amazon.com.br que não comprovaram ter um código de homologação da Anatel.

Notificação dos vendedores parceiros responsáveis pelas ofertas e eventual suspensão de suas lojas.

⁠Treinamento de vendedores parceiros e fornecedores sobre os requisitos para listagem de produtos, enfatizando a relevância do código de homologação e orientando-os sobre o preenchimento adequado das informações.

Amazon responde Anatel e se diz “surpresa” com decisão sobre celular pirata

Amazon responde Anatel e se diz “surpresa” com decisão sobre celular pirata
Fonte: Tecnoblog

Descarte de satélites pode ferir a camada de ozônio

Descarte de satélites pode ferir a camada de ozônio

Satélites da Starlink podem ter prejudicado camada de ozônio (imagem: Divulgação/SpaceX)

Resumo

A queima de satélites na atmosfera libera óxido de alumínio, danificando a camada de ozônio, segundo estudo da Universidade do Sul da Califórnia.
A quantidade de óxido de alumínio na atmosfera aumentou oito vezes entre 2016 e 2022. A Starlink é a principal responsável, mas não a única.
Empresas como OneWeb e Amazon também planejam lançar milhares de satélites, aumentando o risco de danos à camada de ozônio.

As constelações de satélite trazem diversos benefícios, como internet de alta velocidade e baixa latência em lugares remotos. No entanto, cientistas se preocupam com os efeitos causados pelo descarte dessas estruturas, que podem romper a camada de ozônio.

Todo satélite tem uma vida útil. Após esse período, a infraestrutura se direciona para a atmosfera, onde é queimada e destruída. Aí está o problema: de acordo com um estudo da Universidade do Sul da Califórnia, os satélites podem liberar elementos capazes de romper a camada de ozônio, que protege o planeta contra raios ultravioletas emitidos pelo sol.

Durante a destruição, os satélites liberam partículas de óxido de alumínio, que perfuram a camada de ozônio. Os cientistas se preocupam com o aumento dessa substância na atmosfera, que cresceu oito vezes entre 2016 e 2022. Os primeiros satélites da Starlink foram lançados ao espaço em 2019 e podem ter relação com essa expansão.

Com a tendência de aumento no número de equipamentos de baixa órbita (LEO), é esperado que a camada de ozônio sofra ainda mais danos nos próximos anos. Um satélite típico de 250 kg é capaz de gerar aproximadamente 30 kg de nanopartículas de óxido de alumínio, que podem perdurar por décadas na atmosfera.

Starlink pode ser a principal culpada, mas não a única

Quando se fala em satélites, a Starlink costuma ser a primeira empresa a se pensar, por oferecer internet em locais remotos por um custo não tão elevado. Essa associação faz sentido: de todos os 8,1 mil objetos em baixa órbita na Terra, cerca de 6 mil são da companhia de internet do Elon Musk.

Starlink é a principal companhia de internet via satélite de baixa órbita (imagem: divulgação/SpaceX)

No entanto, existem empresas concorrentes com satélites que também podem danificar a camada de ozônio durante o processo de descomissionamento. A OneWeb mantém sua própria constelação de baixa órbita, com mais de 600 equipamentos com peso que varia entre 150kg a 200kg cada.

A Amazon deve entrar com maior força nesse setor para competir com a Starlink. A companhia de Jeff Bezos prevê enviar mais de 3,2 mil satélites de baixa órbita do Project Kuiper para fornecer serviços de banda larga. No Brasil, a Amazon firmou parceria com a Sky; a operação comercial deve começar no final de 2025 e o serviço pode atingir velocidades de 400 Mb/s.

Com informações: SpaceDaily, Independent
Descarte de satélites pode ferir a camada de ozônio

Descarte de satélites pode ferir a camada de ozônio
Fonte: Tecnoblog

TIM ativa sinal de internet 5G em 55 novas cidades; veja a lista

TIM ativa sinal de internet 5G em 55 novas cidades; veja a lista

TIM expandiu 5G no Brasil (Ilustração: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Resumo

A operadora TIM ativou sinal 5G em 55 novas cidades do Brasil, totalizando 321 municípios com cobertura, a maior do país. Ela também é líder em número de antenas 5G, com 8,9 mil estações licenciadas na Anatel.
Ainda assim, a TIM possui apenas 25,8% da base de clientes com 5G. A Claro detém 37,6% e a Vivo, 36,5%.
Cidades recém-cobertas incluem locais no Paraná, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.
A cobertura inicial pode ser restrita a alguns bairros, com expansão prevista ao longo do tempo.

A TIM ampliou sua rede móvel de quinta geração. O sinal 5G foi ativado em 55 novas cidades do Brasil, ultrapassando a marca de 300 municípios com cobertura. Os clientes com smartphone compatível com 5G que estiverem nas regiões atendidas poderão acessar, sem custo adicional, internet móvel em velocidades que podem atingir a marca de 1 Gb/s.

Falando de municípios cobertos, a TIM é a líder em 5G no Brasil com suas 321 cidades atendidas. Segundo dados do Teleco, a Claro ocupa o segundo lugar, com 233 localidades, enquanto a Vivo tem rede de quinta geração em 184 cidades.

Além de cobrir mais cidades, a TIM também lidera em número de antenas 5G. A tele tem 8,9 mil estações licenciadas na Anatel, seguida por Claro (7,5 mil) e Vivo (4,8 mil).

A situação muda quando se fala de usuários de 5G. A TIM é a operadora nacional com o menor número de clientes com 5G, com 25,8%, enquanto Claro e Vivo dividem o pódio, com 37,6% e 36,5% respectivamente.

As três operadoras ainda têm um longo caminho pela frente para ampliar o 5G no Brasil. O sinal também precisa expandir consideravelmente nas cidades já atendidas, pois são vários os municípios com sinal de quinta geração restrito a alguns bairros. Uma pesquisa da Opensignal mostra que os smartphones se conectam no 5G em apenas 10% do tempo.

Teste de velocidade no 5G da TIM (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

As cidades que ganharam 5G da TIM

De acordo com a TIM, o 5G foi ativado nas cidades abaixo durante os meses de abril e maio. O Paraná foi o estado mais beneficiado nessa última leva, com 12 novos municípios cobertos:

EstadoNovas cidades com 5GBahiaDias d’Ávila, Luís Eduardo Magalhães, Santo Antônio de Jesus e São Francisco do CondeCearáCascavel, Crateús, Crato, Horizonte, Paraipaba e TianguáGoiásTrindadeMaranhãoImperatrizMato GrossoCampo Verde, Pontes e LacerdaMinas GeraisBarão de Cocais, Confins, Igarapé, Lagoa da Prata, Montes Claros, Pedro Leopoldo, Sabará e São João Del ReiParaíbaBayeux e GuarabiraParanáCambé, Campina da Lagoa, Campo Mourão, Clevelândia, Loanda, Nova Aurora, Nova Esperança, Palotina, Pato Branco, Rolândia, Santa Terezinha de Itaipu e UmuaramaPernambucoAbreu e LimaRio de JaneiroMacaé e Rio BonitoRio Grande do NortePau dos FerrosSanta CatarinaAlfredo Wagner, Curitibanos, Forquilhinha, Fraiburgo, Governador Celso Ramos, Ituporanga, Joaçaba, Presidente Getúlio, Santo Amaro da Imperatriz, São Francisco do Sul e TubarãoSão PauloFranco da Rocha, Itapetininga e SertãozinhoSergipeItabaiana

É importante salientar que um município pode ser considerado como atendido sem ter sinal em toda sua área de extensão, uma vez que a cobertura inicial costuma ser restrita e expandida ao longo do tempo. A forma mais fácil de apurar se sua região foi atendida com 5G por alguma operadora diferente da sua é consultar os mapas de cobertura.
TIM ativa sinal de internet 5G em 55 novas cidades; veja a lista

TIM ativa sinal de internet 5G em 55 novas cidades; veja a lista
Fonte: Tecnoblog

Amazon e Sky se unem para fornecer internet via satélite no Brasil

Amazon e Sky se unem para fornecer internet via satélite no Brasil

Lançamento de foguete com satélite do Projeto Kuiper (Imagem: Divulgação/Amazon)

Resumo

Amazon e Sky formam aliança para fornecer internet via satélite na América Latina.
Projeto Kuiper prevê o envio de 3,2 mil satélites para a órbita baixa da Terra.
Serviço deve atingir 400 Mb/s, competindo com provedores de fibra ótica.
Lançamento comercial da Sky com tecnologia Kuiper está previsto para o final de 2025.
Iniciativa também se aplica a Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Uruguai.

A Amazon e a Sky deram mais um passo em prol do Projeto Kuiper, que levará internet via satélite para localidades remotas do planeta. O conglomerado fundado por Jeff Bezos e a organização Vrio, dona da Sky no Brasil e da Directv no restante da América Latina, anunciam nesta quinta-feira (dia 13/06) uma aliança para o fornecimento do serviço na região.

Por enquanto não há detalhes sobre preços, planos nem pacotes. Amazon e Vrio estão sinalizando ao mercado que estarão prontas para atuar em conjunto tão logo a rede do Projeto Kuiper comece a operar.

Cabe lembrar: o Kuiper prevê o envio de mais de 3,2 mil satélites para a órbita baixa da Terra (LEO). A tecnologia é comparável à da bem-sucedida Starlink, que conquistou o segundo maior provedor via satélite do país num intervalo de pouco mais de um ano.

Internet via satélite deve chegar a 400 Mb/s (Foto: Divulgação/Amazon)

O presidente da Vrio, Darío Werthein, conta ao Tecnoblog que as duas companhias vão focar nas principais necessidades de conectividade via banda larga dos consumidores. Apesar de não abrir os valores, ele diz que a aliança praticará um “bom preço”.

Mais de 200 milhões de residências na América Latina não possuem conexão de qualidade, de acordo com um dos líderes do Kuiper na região. Bruno Henriques defende promete que a rede chegará a 400 Mb/s, o que colocaria Sky + Kuiper em pé de igualdade com variados provedores adeptos da fibra ótica.

Os dirigentes do Kuiper já tinham anunciado uma iniciativa parecida na Europa. Por aqui, o anúncio de agora também contempla Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Uruguai.

A futura constelação da Amazon tem vários relevantes desafios para os próximos meses e anos. Por exemplo, nenhum satélite está em órbita atualmente. A empresa testou recentemente dois protótipos de satélites e planeja iniciar a implementação da rede em baixa órbita “nos próximos meses”.

Já a operação comercial da Sky com tecnologia do Projeto Kuiper deve ficar para o final de 2025. Ao menos o serviço já possui autorização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).
Amazon e Sky se unem para fornecer internet via satélite no Brasil

Amazon e Sky se unem para fornecer internet via satélite no Brasil
Fonte: Tecnoblog

Reconstrução das redes de telecomunicações no RS pode custar R$ 1,6 bilhão

Reconstrução das redes de telecomunicações no RS pode custar R$ 1,6 bilhão

Rio Grande do Sul passa por enchente histórica (Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República)

A catástrofe do Rio Grande do Sul gerou grandes impactos nas redes fixas de telecomunicações, e as operadoras precisarão reconstruir a infraestrutura para continuar atendendo a população com internet e outros serviços. O Ministério das Comunicações calcula que o custo para reerguer as redes pode chegar a R$ 1,6 bilhão.

O cálculo foi compartilhado por Hermano Tercius, secretário-executivo do Ministério das Comunicações e divulgado pelo Mobile Time. As chuvas afetaram aproximadamente 600 mil clientes de banda larga fixa no mês de maio.

Para reconstruir as redes, o governo deve disponibilizar recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust). De acordo com o secretário-executivo, o valor pleiteado é superior a R$ 500 milhões, e cerca de metade seria disponibilizado de forma não-reembolsável.

Funcionários de provedores regionais atuam na reativação da banda larga no RS (Imagem: Reprodução/Abrint)

O cálculo da reconstrução das redes mudou ao longo do tempo. Inicialmente, as associações de provedores estimavam a cifra de R$ 2 bilhões, mas posteriormente houve atualização para R$ 1,6 bilhão.

Operadoras compartilharam redes para reestabelecer conexão

Para reestabelecer a comunicação nas áreas afetadas pelo alagamento, Claro, TIM e Vivo abriram suas redes móveis em roaming. Isso permitiu que clientes de uma empresa conseguissem utilizar o sinal da concorrente em locais onde sua prestadora não funcionava.

De acordo com dados da Anatel, o sinal de celular no Rio Grande do Sul já foi restabelecido por todas as operadoras em 497 municípios. Ainda há locais parcialmente afetados; nesse caso, os clientes podem utilizar uma rede de uma concorrente via roaming.

Outras medidas foram tomadas para reestabelecer as comunicações de forma emergencial. O governo federal disponibilizou kits de comunicação via satélite da Telebras para levar internet a abrigos e serviços públicos.

A Oi celebrou um termo de cooperação com o governo do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (12). A operadora irá fornecer acesso gratuito à internet por fibra óptica e Wi-Fi nos centros comunitários que irão abrigar pessoas afetadas pelas enchentes. A iniciativa deve atender cinco pontos de Porto Alegre e Canoas, que somam capacidade de alojar 3,8 mil pessoas.
Reconstrução das redes de telecomunicações no RS pode custar R$ 1,6 bilhão

Reconstrução das redes de telecomunicações no RS pode custar R$ 1,6 bilhão
Fonte: Tecnoblog

Claro, TIM e Vivo têm promoções de Dia dos Namorados com bônus no plano de celular

Claro, TIM e Vivo têm promoções de Dia dos Namorados com bônus no plano de celular

Claro, TIM e Vivo fazem promoções no Dia dos Namorados (Ilustração: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O Dia dos Namorados pode ser uma boa época para rever a conta de celular. As três principais operadoras móveis do Brasil divulgaram promoções que dão internet móvel extra para adesões na data comemorativa. As ofertas incluem até 100 GB extras em comparação com as ofertas tradicionais.

Os bônus de internet deixam o planos de celular mais atrativos que os pacotes comercializados em outras épocas do ano. Com isso, pode ser vantajoso mudar para uma oferta mais barata e continuar com o pacote de dados similar ao atual, ou migrar de vez para uma opção com mais gigas pagando um valor similar.

Claro, TIM e Vivo também têm ofertas em aparelhos, especialmente quando adquiridos junto ao plano de celular. Antes de comprar, certifique-se de que o desconto realmente vale a pena — especialmente considerando que o benefício geralmente é condicionado a fidelidade de 12 meses. Pode ser mais vantajoso comprar um aparelho desbloqueado em uma promoção no varejo, especialmente aquelas divulgadas pelo Achados do TB.

Achados do TB
Sabe quem fica sabendo das ofertas muito antes de você? Os membros dos grupos do Achados do TB no Telegram ou WhatsApp. Quem participa dos nossos canais tem acesso a uma curadoria quase diária das melhores promoções em itens de tecnologia do varejo. Sem “metade do dobro” e nem produtos que não valem a pena, tudo passa pela cuidadosa curadoria de ofertas do Tecnoblog.

ÍndiceClaro dá bônus de até 20 GBClaro ControleClaro PósTIM tem ofertas com até 100 GB de bônusTIM ControleTIM Black e TIM Black FamíliaVivo dá até 20 GB de bônus no Dia dos NamoradosVivo ControleVivo Pós individualVivo Total

Claro dá bônus de até 20 GB

A Claro repetiu as promoções do Dia das Mães no Dia dos Namorados, com bônus de 5 GB no controle e 20 GB no pós-pago. Não há ofertas para o plano digital Claro Flex.

Todos os planos incluem ligações ilimitadas para qualquer operadora, inclusive DDD, além de SMS à vontade. O uso do WhatsApp é ilimitado, mesmo para chamadas de voz e vídeo.

Loja da Claro (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Claro Controle

Franquia de internetFranquia de appsPreço mensal20 GB, sendo: 15 GB do plano 5 GB de bônus de Dia dos Namorados3 GB para YouTubeR$ 49,90 no débito automático R$ 54,90 no boleto25 GB, sendo: 20 GB do plano 5 GB de bônus de Dia dos Namorados5 GBR$ 59,90 no débito automático R$ 64,90 no boleto30 GB, sendo: 25 GB do plano 5 GB de bônus de Dia dos Namorados5 GBR$ 69,90 no débito automático R$ 74,90 no boleto

No pacote mais barato, a franquia de apps é válida para utilizar com YouTube. Nos planos controle com 25 GB e 30 GB a franquia extra contempla Facebook, Instagram, TikTok, YouTube, X (Twitter) e Claro TV+.

É possível conseguir mais internet móvel dependendo da forma de pagamento. Quem pagar o boleto através da fatura pela carteira digital Claro Pay ganha 2 GB de bônus. Clientes que combinarem o plano controle com internet fixa ou TV por assinatura também ganham 5 GB extras.

Claro Pós

Franquia de internetFranquia de appsPreço mensal45 GB, sendo: 25 GB do plano 20 GB de bônus de Dia dos Namorados25 GBR$ 109,90 no débito automático R$ 119,90 no boleto70 GB, sendo: 50 GB do plano 20 GB de bônus de Dia dos Namorados50 GBR$ 159,90 no débito automático R$ 169,90 no boleto95 GB, sendo: 75 GB do plano 20 GB de bônus de Dia dos Namorados75 GBR$ 209,90 no débito automático R$ 219,90 no boleto170 GB, sendo: 150 GB do plano 20 GB de bônus de Dia dos Namorados150 GBR$ 309,90 no débito automático R$ 319,90 no boleto

Ao contratar um plano a partir de 100 GB em um combo com TV por assinatura e/ou banda larga fixa ganha o dobro da franquia de internet móvel principal e linhas dependentes gratuitas.

A franquia de apps pode ser utilizada com Instagram, Facebook, TikTok, YouTube, X (Twitter), Netflix, Globoplay, Disney+, Star+, Max e Claro TV+.

O pós-pago da Claro também inclui cobertura em roaming internacional, permitindo a utilização do plano brasileiro em viagens ao exterior. A cobertura varia conforme o pacote:

quem contratar 25 GB ou 50 GB terá o Passaporte Américas;

a versão de 75 GB inclui Passaporte Américas e Europa;

o pacote mais caro, com 150 GB, dá acesso ao Passaporte Mundo, com serviço em mais de 80 destinos estrangeiros.

TIM tem ofertas com até 100 GB de bônus

A TIM também divulgou promoções de planos móveis para o Dia dos Namorados, com bônus de internet móvel que pode chegar a 100 GB.

Loja da TIM (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

TIM Controle

Somando todos os bônus possíveis, o TIM Controle tem até 30 GB de internet extra no período do Dia dos Namorados:

PlanoApps ilimitadosPreço mensal25 GB, sendo: 5 GB do plano 20GB de bônusWhatsApp e MessengerR$ 54,99 Cartão de crédito ou boleto26 GB, sendo: 6 GB do plano 20 GB de bônusWhatsApp, Messenger, Instagram, Facebook e X (Twitter)R$ 59,99 no boleto36 GB, sendo: 6 GB do plano 30 GB de bônusWhatsApp, Messenger, Instagram, Facebook e X (Twitter)R$ 64,99 no cartão de crédito

O plano de 25 GB inclui, por três meses, acesso ilimitado ao Instagram, Facebook e X (Twitter). É possível manter o benefício no futuro com a contratação de um pacote adicional.

TIM Black e TIM Black Família

Os planos pós-pagos da TIM têm os maiores bônus no Dia dos Namorados, com destaque para o TIM Black Família que conta com 100 GB de internet extra.

Todos os pacotes incluem acesso ilimitado ao WhatsApp, Messenger, Instagram, Facebook e X (Twitter), bem como chamadas à vontade para números de qualquer operadora do Brasil:

PlanoExtrasPreço mensal75 GB, sendo: 15 GB do plano 60 GB de bônusRoaming Américas Deezer PremiumR$ 119,90 no boleto77 GB, sendo: 15 GB do plano 60 GB de bônusDeezer PremiumR$ 119,99 no cartão de crédito90 GB, sendo: 20 GB do plano 60 GB de bônusDisney+ Roaming Américas Deezer PremiumR$ 139,99 no boleto92 GB, sendo: 22 GB do plano 70 GB de bônusRoaming Américas Deezer PremiumR$ 144,99 no cartão de crédito115 GB, sendo: 25 GB do plano 90 GB de bônusDisney+, Amazon Prime, Max ou YouTube Premium Roaming Américas Deezer PremiumR$ 159,99 no boleto115 GB, sendo: 25 GB do plano 90 GB de bônusApple TV+ Roaming AméricasR$ 159,99 no boleto117 GB, sendo: 27 GB do plano 90 GB de bônusRoaming Américas Deezer PremiumR$ 164,99 no boleto

Existem duas ofertas de planos familiares para o Dia dos Namorados. Ambas ficam com 200 GB de internet móvel e têm o mesmo preço; o que difere é o serviço extra incluído:

PlanoLinhasExtrasPreço mensal200 GB, sendo: 100 GB do plano100 GB de bônusAté 4 linhasAmazon Prime, YouTube Premium, Netflix, Max ou Disney+Deezer PremiumRoaming Américas e EuropaR$ 304,99 no boleto200 GB, sendo: 100 GB do plano100 GB de bônusAté 4 linhasApple One (50 GB) Roaming Américas e EuropaR$ 304,99 no boleto

Vivo dá até 20 GB de bônus no Dia dos Namorados

A Vivo fez promoções de Dia dos Namorados nos planos controle, pós-pago individual e no combo Vivo Total. A operadora não apresentou ofertas com bônus de internet para o Vivo Família.

Loja da Vivo em São Paulo (Imagem: Felipe Ventura / Tecnoblog)

Vivo Controle

Nos planos controle, a Vivo dá bônus de 6 GB para quem contratar um pacote na promoção do Dia dos Namorados:

PlanoPreço mensal20 GB, sendo: 8 GB do plano3 GB de bônus fatura digital3 GB de bônus débito automático 6 GB de bônus do Dia dos NamoradosR$ 5522 GB, sendo: 10 GB do plano 3 GB de bônus fatura digital 3 GB de bônus débito automático 6 GB de bônus do Dia dos NamoradosR$ 70

A Vivo também comercializa o plano com 22 GB em duas opções mais caras, por R$ 80 mensais: trata-se do Vivo Controle Educação, com assinatura do app de cursos online Vivae, e do Vivo Controle Saúde, com acesso ao serviço Vale Saúde Sempre Individual.

É possível incrementar o plano controle com uma franquia extra para redes sociais. Com mais R$ 5 mensais, o cliente tem direito a mesma quantidade de gigabytes do plano principal para utilizar exclusivamente com Instagram, TikTok, YouTube, Twitter (X), Facebook, Pinterest, Tinder e Facebook Messenger.

Vivo Pós individual

PlanoPacote de internetFranquia de internet dedicadaPreço mensalVivo Pós com Amazon PrimeInclui assinatura do Amazon Prime46 GB, sendo: 20 GB do plano 20 GB de bônus Dia dos Namorados 3 GB de bônus fatura digital 3 GB de bônus débito automático20 GB exclusivos para Prime Video ou Prime MusicR$ 130,00Vivo Pós com Globoplay Inclui assinatura do Globoplay Padrão (sem canais ao Vivo)56 GB, sendo: 30 GB do plano 20 GB de bônus Dia dos Namorados 3 GB de bônus fatura digital3 GB de bônus débito automático30 GB para usar com GloboplayR$ 145,00Vivo Pós com Spotify Inclui assinatura do Spotify Premium56 GB, sendo: 30 GB do plano20 GB de bônus Dia dos Namorados 3 GB de bônus fatura digital 3 GB de bônus débito automático25 GB para usar com SpotifyR$ 145,00Vivo Pós com Netflix Inclui assinatura Netflix Padrão66 GB, sendo: 40 GB do plano 20 GB de bônus Dia dos Namorados 3 GB de bônus fatura digital 3 GB de bônus débito automático40 GB para usar com NetflixR$ 160,00Vivo Pós com Disney+ Inclui assinatura Disney+66 GB, sendo: 30 GB do plano20 GB de bônus Dia dos Namorados3 GB de bônus fatura digital3 GB de bônus débito automático40 GB para usar com Disney+R$ 160,00Vivo Pós com Premiere Inclui assinatura Premiere Play66 GB, sendo:40 GB do plano20 GB de bônus Dia dos Namorados3 GB de bônus fatura digital3 GB de bônus débito automático40 GB para usar com PremiereR$ 160,00Vivo Pós com Travel Inclui Vivo Travel Mundo76 GB, sendo: 50 GB do plano20 GB de bônus Dia dos Namorados3 GB de bônus fatura digital3 GB de bônus débito automático(não possui)R$ 190,00

Vivo Total

A Vivo ajustou o portfólio dos combos Vivo Total: a operadora extinguiu o plano Essencial e reduziu o preço do Pro. Vale a pena verificar a nova tabela se você contratou algum plano na promoção de Dia das Mães, pois a nova oferta ficou mais vantajosa.

Quem contratar o Vivo Total Pro no período promocional terá 20 GB de bônus. A linha móvel também conta com roaming internacional nos países das Américas.

CelularBanda larga fixaPreço mensal1 linha inclusa 73 GB, sendo: 50 GB do plano20 GB de bônus Dia dos Namorados3 GB de bônus fatura digital500 Mb/s de download 250 Mb/s de uploadR$ 150,00

Aviso de ética: ao clicar em um link de afiliado, o preço não muda para você e recebemos uma comissão.Claro, TIM e Vivo têm promoções de Dia dos Namorados com bônus no plano de celular

Claro, TIM e Vivo têm promoções de Dia dos Namorados com bônus no plano de celular
Fonte: Tecnoblog

Brasil atinge 10% de celulares compatíveis com 5G

Brasil atinge 10% de celulares compatíveis com 5G

5G atinge 10% de dispositivos móveis no Brasil (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A Anatel divulgou os dados de acessos para o mês de abril de 2024, e o Brasil atingiu a marca de 10% de dispositivos móveis compatíveis com a tecnologia 5G. Os aparelhos mais modernos já ultrapassam os celulares compatíveis apenas com 2G ou 3G, mas ainda há um longo caminho para superar o 4G.

Ao todo, as operadoras brasileiras reportaram 259 milhões de acessos de telefonia celular. Desse total, 25,9 milhões de dispositivos são compatíveis com 5G, o que corresponde a 10% do mercado. A tecnologia 4G lidera com folga e atinge por 74,6% dos dispositivos.

Falando de modalidades de planos, o pós-pago responde por aproximadamente 75% dos acessos 5G, enquanto o pré-pago permanece com cerca de 25%. Por serem mais caros, os planos pós-pagos tendem a ter maior franquia de internet móvel que o pré-pago.

A maioria dos dispositivos 5G se concentram no estado de São Paulo, que possui 8,89 milhões de acessos compatíveis com a tecnologia.

TIM é a operadora com maior número de antenas 5G

A TIM é a tele com o maior número de antenas 5G licenciadas na Anatel, com 8,9 mil estações registradas. A Claro aparece em seguida, com 7,5 mil, enquanto a Vivo tem 4,8 mil torres de quinta geração.

Apesar de ter mais antenas e municípios atendidos, a TIM é a grande operadora com menor número de clientes 5G. A Claro mantém a liderança com 37,6% das linhas, seguida por Vivo (36,5%) e TIM (25,8%).

TIM é a tele com mais antenas 5G, mas tem menos clientes que concorrentes (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

De qualquer forma, a cobertura 5G ainda precisa crescer consideravelmente para alcançar as demais tecnologias. De acordo com o Teleco, apenas 411 municípios brasileiros possuem operação em 5G por pelo menos uma operadora.

Mesmo nas cidades existentes, a cobertura de quinta geração costuma ser restrita a alguns bairros e não funciona nos mesmos locais já atendidos pelo 4G e demais tecnologias. Em estudo publicado pela Opensignal, o sinal de 5G só está disponível em apenas 10% do tempo nos celulares brasileiros.

5G ainda não decolou em Internet das Coisas

Uma das principais promessas do 5G é a ampla utilização por dispositivos de Internet das Coisas, incluindo sensores, máquinas, rastreadores e equipamentos para cidades inteligentes. No entanto, a quinta geração ainda não decolou nesse segmento.

Segundo a Anatel, apenas 40,6 mil acessos da categoria M2M (máquina a máquina) utilizam a quinta geração, o que representa apenas 0,18% do total de contratos de Internet das Coisas. A maioria absoluta dos contratos 5G são de telefonia celular convencional, utilizada nos smartphones.
Brasil atinge 10% de celulares compatíveis com 5G

Brasil atinge 10% de celulares compatíveis com 5G
Fonte: Tecnoblog

Novo roteador 5G FWA da TP-Link passa pela Anatel

Novo roteador 5G FWA da TP-Link passa pela Anatel

TP-Link NX620v (Divulgação/TP-Link)

O mercado de 5G FWA deve esquentar ainda mais no Brasil, pois desta vez foi a TP-Link que homologou um dispositivo para acesso: o TP-Link NX620v. Assim como seus competidores, este roteador permite que uma conexão 5G seja compartilhada via Wi-Fi 6 e cabo de rede. Ele ainda oferece conector RJ11 para telefone fixo.

O aparelho tem três portas Ethernet: duas delas capazes de conectar até 1 Gb/s, e uma delas capaz de 2,5 Gb/s, e que também pode ser utilizada como porta WAN, permitindo que o NX620v sirva como um roteador tradicional. O dispositivo possui entradas para antenas externas, o que possibilita o uso em áreas mais afastadas.

As antenas externas ficam embaixo daquela tampa (Divulgação/TP-Link)

O TP-Link NX620v suporta redes mesh por meio do protocolo EasyMesh, assim como fazem produtos similares

A fabricante promete velocidade máxima de 4,67 Gb/s no 5G Além disso, ele também é capaz de conexão com redes 4G (LTE) e 3G. O manual remetido ao processo de homologação da Anatel também faz menção ao NX510v, um modelo visualmente idêntico, porém com menor capacidade de transmissão de dados.

O novo roteador poderá ser fabricado tanto no Brasil, em unidades de Manaus, quanto na manufatura da TP-Link na China

Unidades fabris do NX620v (Imagem: Anatel/Reprodução)

Por enquanto não sabemos o preço do novo roteador da TP-Link. A empresa ainda não divulgou data de lançamento. No entanto, deve ser um produto voltado ao uso corporativo. E não deve sair barato: ele custa 662 euros no exterior, o que dá por volta de R$ 3.700 em conversão direta.
Novo roteador 5G FWA da TP-Link passa pela Anatel

Novo roteador 5G FWA da TP-Link passa pela Anatel
Fonte: Tecnoblog

Vivo pode comprar Desktop e se tornar líder de banda larga em SP

Vivo pode comprar Desktop e se tornar líder de banda larga em SP

Vivo confirma negociações com Desktop (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

O cenário de telecomunicações brasileiro pode passar por mais uma consolidação. A Vivo divulgou um comunicado ao mercado demonstrando o interesse em adquirir a Desktop, provedora de pequeno porte que comercializa internet fixa por fibra óptica no estado de São Paulo.

De acordo com o comunicado da Vivo divulgado nesta quarta-feira (29), a empresa afirma que “mantém conversas a respeito de potencial operação envolvendo a Companhia e a Desktop S.A”. A Desktop também divulgou um fato relevante com a mesma informação.

Nenhum negócio foi fechado, ao menos por enquanto. “Não há qualquer definição ou formalização sobre uma operação”, afirma o comunicado da Vivo.

Desktop é a terceira maior operadora de internet de SP

A Desktop é uma operadora de pequeno porte com sede em Sumaré (SP), constituída em 2006 e que ganhou tração ao longo do tempo. Parte do crescimento foi feito de forma inorgânica, com a aquisição de diversos provedores menores que atuavam no estado.

Com presença apenas no estado de São Paulo, a Desktop possui 1,04 milhão de assinantes de banda larga fixa por fibra óptica. A empresa também atua com TV por assinatura e telefonia fixa, mas também lançou recentemente uma operadora móvel virtual utilizando a rede da TIM.

Desktop atua em 184 cidades de São Paulo com internet por fibra óptica (Imagem: Desktop/Divulgação)

Apesar de se enquadrar como prestadora de pequeno porte, a Desktop não é uma operadora tão pequena. Trata-se da sexta maior empresa de banda larga fixa no Brasil, atrás apenas dos grupos Claro, Vivo, Oi, Giga+ e Brisanet. No estado de São Paulo, a Desktop ocupa o 3º lugar em participação de mercado, atrás apenas de Claro e Vivo.

Falando de infraestrutura, a rede de fibra óptica da Desktop está disponível para 4,4 milhões de domicílios (home passed) de 184 municípios paulistas. Com backbone tem 10 mil km de extensão, a companhia também presta serviços empresariais como link dedicado, conexão entre filiais e telefonia corporativa.

Desktop seria terceira consolidação da Vivo em 10 anos

Se o negócio com a Desktop se concretizar, a Vivo somaria três grandes aquisições em um intervalo de 10 anos.

Em 2016, a Vivo assumiu a operação da GVT em um negócio de R$ 22 bilhões. Essa operação permitiu que a operadora espanhola expandisse sua atuação com serviços fixos para mais estados do Brasil além de São Paulo.

O grande negócio mais recente foi a fatia da Oi Móvel, adquirida em dezembro de 2020 em conjunto com as concorrentes Claro e TIM. A Vivo herdou 12,6 milhões de clientes de 11 DDDs, mas depois cancelou 3,4 milhões de chips inativos.

Vale ressaltar que um negócio dessa magnitude precisa ser aprovado pelo Cade e Anatel. Se a aquisição se concretizar, a Vivo ultrapassaria a Claro em número de clientes de internet fixa em SP e se tornaria líder de mercado no estado.
Vivo pode comprar Desktop e se tornar líder de banda larga em SP

Vivo pode comprar Desktop e se tornar líder de banda larga em SP
Fonte: Tecnoblog

Como desativar o serviço de correio de voz da Vivo, Claro e TIM

Como desativar o serviço de correio de voz da Vivo, Claro e TIM

Saiba as diferentes formas de desativar a caixa postal da Vivo, Claro e Tim (Imagem: Lupa Charleaux/Tecnoblog)

Você pode bloquear o correio de voz no celular Android ou no iPhone entrando em contato com a sua operadora telefônica. Cada empresa oferece diferentes opções para desabilitar o serviço de caixa postal.

Para cancelar a caixa postal da Vivo, o cliente deve ligar para o atendimento eletrônico ou enviar um SMS para a operadora. Em todos os casos, a pessoa receberá uma mensagem confirmando o fim do serviço.

Dá para desativar o correio de voz da Claro ligando para o atendimento eletrônico da empresa. Outra opção é enviar um SMS para o suporte e solicitar o cancelamento do serviço de caixa postal.

Já para desativar a caixa postal da TIM, o cliente deve ligar na central de atendimento da operadora e solicitar o cancelamento. Também é possível acessar o site Meu TIM para desabilitar o recurso.

A seguir, veja detalhes de como cancelar o serviço de correio de voz para cada uma das operadoras.

ÍndiceComo desativar o serviço de caixa postal da VivoComo cancelar o serviço de correio de voz da Vivo pelo telefoneComo cancelar o serviço de caixa postal da Vivo por SMSComo desativar o serviço de caixa postal da ClaroComo cancelar o serviço de correio de voz da Claro pelo telefoneComo cancelar o serviço de caixa postal da Claro por SMSComo desativar o serviço de caixa postal da TIMComo cancelar o serviço de correio de voz da TIM pelo telefoneComo cancelar o serviço de caixa postal da TIM pelo sitePosso apagar as mensagens da caixa postal sem precisar desativar o correio de voz?É possível voltar a ativar o serviço de correio de voz da Vivo, Claro e TIM?

Como desativar o serviço de caixa postal da Vivo

Os clientes da Vivo podem cancelar o serviço Vivo Recado por telefone ou enviando SMS para a empresa. Saiba como desativar a caixa postal da operadora nos guias abaixo:

Como cancelar o serviço de correio de voz da Vivo pelo telefone

1. Ligue para *555 no celular com chip Vivo

Use o app Telefone do seu celular e, como se fosse realizar uma chamada, disque *555.

Você deve ligar para *555 para desativar o correio de voz da Vivo por telefone (Imagem: Lupa Charleaux/Tecnoblog)

2. Digite # para acessar as opções do correio de voz da Vivo

Ouça as mensagens e opções do Vivo Recado e digite # no teclado numérico do app Telefone para ouvir mais opções. Se necessário, informe sua senha para acessar os recados na caixa postal.

3. Digite 1 para acessar novas opções do Vivo Recado

Ouça a propaganda da Vivo e aguarde o atendimento eletrônico falar as opções do Vivo Recado. Então, digite 1 para avançar.

4. Digite 6 para desativar a caixa postal da Vivo

Novamente, ouça as opções do atendimento eletrônico e, então, digite 6 para bloquear o serviço de caixa postal da Vivo.

5. Digite 1 para cancelar o correio de voz da Vivo

Digite 1 para confirmar o cancelamento do Vivo Recado. Depois, aguarde a mensagem do atendimento eletrônico confirmando a ação.

Como cancelar o serviço de caixa postal da Vivo por SMS

1. Envie uma SMS com a palavra “SAIR”

Abra o app Mensagens no seu celular e envie um SMS com a palavra “SAIR” (sem aspas e tudo maiúsculo) para um dos números abaixo conforme o seu plano:

Assinante Vivo Recado: enviar SMS para 5550;

Assinante Vivo Recado Premium: enviar SMS para 5557.

É necessário enviar um SMS com a palavra “SAIR” para desativar a caixa postal da Vivo (Imagem: Lupa Charleaux/Tecnoblog)

Como desativar o serviço de caixa postal da Claro

Há duas formas dos clientes da Claro cancelarem o serviço Claro Recado. A seguir, saiba o passo a passo para desabilitar a caixa postal da operadora por telefone ou por SMS:

Como cancelar o serviço de correio de voz da Claro pelo telefone

1. Ligue para *555 no telefone Claro

Como se fosse realizar uma ligação, use o app Telefone do seu celular e disque *555.

Ligue para *555 para desativar o serviço de correio de voz da Claro por telefone (Imagem: Lupa Charleaux/Tecnoblog)

2. Digite # para abrir as configurações do Claro Recado

Ouça as opções do atendimento eletrônico e digite # no teclado numérico do app Telefone para acessar as opções do Claro Recado.

3. Digite 5 para bloquear a Caixa Postal da Claro

Mais uma vez, escute as opções do atendimento eletrônico e digite 5 para remover o correio de voz da Claro.

4. Digite 1 para confirmar o bloqueio da Caixa Postal da Claro

Por fim, digite 1 para confirmar o bloqueio da Caixa Postal da Claro. Em seguida, aguarde um SMS com o protocolo de cancelamento do serviço.

Como cancelar o serviço de caixa postal da Claro por SMS

1. Envie “SAIR” para 555

Use o app Mensagens para enviar um SMS com a palavra “SAIR” (tudo maiúsculo e sem aspas) para o número *555 e aguarde uma mensagem da Claro confirmando o cancelamento do serviço de caixa postal.

Você deve enviar SMS para 555 para cancelar a caixa postal da Claro (Imagem: Lupa Charleaux/Tecnoblog)

Como desativar o serviço de caixa postal da TIM

Os clientes da TIM podem solicitar o cancelamento do serviço de caixa postal por telefone ou acessando o site da operadora. A seguir, veja os guias para desativar a função:

Como cancelar o serviço de correio de voz da TIM pelo telefone

1. Ligue para a Central de Atendimento da TIM

Disque *114 (celular) ou 1056 (telefone fixo) para ligar na central de atendimento da TIM e solicite o cancelamento do Correio de Voz.

É necessário ligar para *114 para solicitar o cancelamento do correio de voz da TIM (Imagem: Lupa Charleaux/Tecnoblog)

Como cancelar o serviço de caixa postal da TIM pelo site

1. Acesse o site Meu TIM

Use o navegador do seu PC ou celular para acessar o site meutim.tim.com.br e faça login na sua conta na operadora.

Página inicial do site Meu TIM (Imagem: Reprodução/TIM)

2. Clique em “Serviços” para encontrar mais opções

Clique na opção “Serviços”, no menu na parte superior da tela do site, para ver mais opções.

Acessando a opção “Serviços” no site Meu TIM (Imagem: Reprodução/TIM)

3. Selecione “Caixa Postal” para ver detalhes do serviço da TIM

No submenu no canto superior esquerdo da tela, escolha a opção “Caixa Postal” para ver detalhes do serviço e como cancelar o correio de voz da TIM.

Acessando a opção “Caixa Postal” no site Meu TIM (Imagem: Reprodução/TIM)

4. Clique em “Desativar” correio de voz da TIM

Clique no botão azul “Desativar”, no canto direito da página, para cancelar o serviço de correio de voz da TIM. Em seguida, um número de protocolo do cancelamento do serviço será exibido.

Desativando a opção “Caixa Postal” no site Meu TIM (Imagem: Reprodução/TIM)

Posso apagar as mensagens da caixa postal sem precisar desativar o correio de voz?

Há algumas formas de apagar as mensagens da caixa postal sem desativar o serviço de correio de voz. Contudo, os métodos variam conforme a sua operadora. Veja abaixo:

Vivo: as mensagens da caixa postal são deletadas automaticamente após 7 dias;

Claro: ligue gratuitamente para *555 e ouça os recados para, assim, limpar a caixa postal;

TIM: as mensagens do correio de voz são excluídas automaticamente após 7 dias;

Limpar as notificações: independentemente da sua operadora, você pode remover as notificações de correio de voz do celular.

É possível voltar a ativar o serviço de correio de voz da Vivo, Claro e TIM?

Sim, dá para contratar novamente o serviço de voz. Cada operadora possui uma forma de reativar a caixa postal para receber recados:

Vivo: ligue para *555 em um celular com chip da Vivo e siga as orientações do atendimento eletrônico. Esse serviço é pago;

Claro: ligue para *555 usando um smartphone com chip da Claro e siga as orientações do atendimento eletrônico. O serviço é cobrado para clientes Claro Pré-Pago;

TIM: ligue para *114 (celular) ou 1056 (telefone fixo) e solicite a reativação do serviço de caixa postal na central de atendimento. Esse serviço é cobrado dos clientes.

Como desativar o serviço de correio de voz da Vivo, Claro e TIM

Como desativar o serviço de correio de voz da Vivo, Claro e TIM
Fonte: Tecnoblog