Tag: artigos

Social Media Design – Aprenda do zero Design para social media

Social Media Design – Aprenda do zero Design para social media

Eae, tudo bele?
Vamos falar hoje sobre Social Media Design e como você pode ganhar dinheiro com isso.
Cada vez mais a procura por Designer que façam social media design aumenta. Isso porque as redes sociais tomaram conta. Elas são mais do que um lugar para conversar com amigos, são verdadeiras plataformas que rendem dinheiro para profissionais e empresas.
É inegável que todas as empresas que desejam ter sucesso online, hoje em dia, precisam estar presentes nas redes sociais. E aí que você criativo entra. Com essa demanda alta e crescente, você que é Designer, Social Media, Publicitário, Empreendedor e Criativo pode surfar nessa onda.
E sabe por que? Por que não basta para essas empresas apenas estarem nas redes sociais, elas precisam produzir conteúdo. E todos nós sabemos que o ser humano é extremante visual. Logo somente texto não vai alavancar nenhuma página. É preciso criar artes que tenham a vê com a empresa, mantendo a identidade visual, padrões, ao mesmo tempo que comunica e cria engajamento.
Só para você ter uma ideia, um relatório do site wearesocial.com revelou que o Brasil ficou em terceiro no ranking mundial, onde se passa mais tempo na Internet. Os brasileiros gastam, em média, 9 horas navegando na web. Os brasileiros também aparecem entre os primeiros quando o assunto o tempo gasto nas redes sociais: são mais de 3 horas diárias.
E você é o profissional que pode oferecer esse serviço, o de Social Media Design. Você criará essas artes. Você pode trabalhar com isso e ganhar dinheiro com isso.
A seguir vamos entender como funciona a área e como você pode se beneficiar com essa onda de Social Media Design que só cresce.
O que é Social Media Design?
Social media design nada mais é que design visual direcionado para as medias sociais. Criar design para social media, ou seja, para as redes sociais é diferente, pois envolve design, mas também envolve questões de narrativa e emocionais.
Então você aplicará todos os Fundamentos de Design Visual, como tipografia, cor, gestalt, grids, etc; só que focado nas redes sociais, somando questões de marketing, de design emocional e tecnologia.
É importante citar que cada rede social tem sua própria linguagem e tipo de artes. Além das medidas diferentes, o estilo e a comunicação podem mudar.
Por isso é importante que o criativo que esteja desenvolvendo a arte tenha conhecimentos técnicos aprimorados.
Por isso, se você deseja trabalhar com social media design, eu indico o curso Social Media do Viana Patrício. Para saber mais basta clicar aqui.
Como é o mercado para Social Media Design? Eu vou ganhar dinheiro com isso?
O mercado está cada vez mais aquecido. Como citado, anteriormente neste artigo, toda empresa que tem presença online precisa atualizar com conteúdo as suas redes sociais. Existe uma pesquisa e infográfico, feito por uma designer chama Priscila Brasil, onde ela, através de pesquisas com designers, apontou que a 2° principal atividade de um designer gráfico é justamente a produção para as redes sociais. E ao meu ver, acredito que venha a ser a primeira em pouco tempo, devido a alta demanda.

Existem designers que ganham dinheiro apenas trabalhar com isso. Trabalhar com social media design pode ser um caminho viável para se obter reconhecimento profissional e melhores ganhos financeiros.
E você pode utilizar de vários meios de cobrar pelo seu trabalho de social media design, por exemplo:
Você pode cobrar por artes avulso, pode cobrar semanalmente ou por mensalidade, estipulando o número de artes por semana. E até mesmo pode criar um plano de estratégia voltado para redes sociais mais duradouro, acordando com o seu cliente um projeto de meses ou até anos.
Sobre o valor a ser cobrado por esse trabalho, ele pode variar dependendo do profissional, da região onde atual, do volume de artes, etc. Não existe algo fixo, mas vou passar para você a média que colhi através de conversas com amigos e grupos do Facebook.
Em média você pode cobrar, por exemplo, por 3 artes por semana o valor médio entre R$200 à R$500. Se for um plano mensal, o valor pode ser entre R$ 800 à R$2000.
É importante lembrar que esses valores seriam apenas para um cliente. Você trabalhando com social media design pode trabalhar para vários clientes. Imagine você conseguindo 3 clientes no mês. Perceba quais possibilidades de lucro que você tem.
Além do valores, existem um ponto muito especial sobre atuar na área de social media design, que é a possibilidade de trabalhar remoto, ou seja, de onde você quiser. Você pode trabalhar de casa e ganhar um bom dinheiro se atuar com social media.
E vale lembrar que aprender social media design não vale apenas para quem deseja trabalhar como freelancer. Se você deseja ingressar em alguma agência de publicidade e design, saiba que um dos caminhos mais viáveis que você tem é através do design para social media.
Existem várias empresas de comunicação que estão doidas a procura de profissionais competentes para ajudar a dar conta do volume de trabalho que surge.
Por entender que essa é uma possibilidade real para qualquer um que trabalhe com design e redes sociais, que eu estou escrevendo esse artigo. A seguir eu vou te passar o que você precisa para iniciar agora nessa área.
Como começar do zero na área de Social Media Design?
Se você enxerga no Social Media Design, assim como eu, uma grande possibilidade de melhorar os seus rendimentos, melhorar o seu reconhecimento profissional eu te recomendo o curso do Social Media Design do Viana Patrício.
Neste curso você aprenderá criar projetos de design para Mídias Sociais que realmente funcionem, de uma maneira simples e objetiva. Sem enrolação!
O Curso Design Para Social Media é 100% online com um conteúdo prático e direto com foco na criação de peças gráficas para redes sociais utilizando o design estratégico.

Ele é ideal para designers, criativos, freelancers, publicitários, donos de agência,  empreendedores digitais que desejam, ou melhor, que necessitam alavancar seus resultados através das redes sociais e através do design.
O que você vai aprender no curso?
O curso Social Media Design traz um conteúdo prático e direto com foco na criação de peças gráficas para redes sociais utilizando o design estratégico. O curso é indicado para designers e donos de agência de marketing digital que desejam alavancar seus resultados através do design. Dentro do curso você irá aprender:

Design estratégico
Uso de cores
Diagramação
Composição
Apresentação de Portfólio
Postura comercial
Como e quanto cobrar
Exportar arquivo para Web
Materiais de apoio para download
Facebook Ads
e muito, muito mais…

O conteúdo do curso tem aproximadamente 7h de duração. Os programas utilizados no curso são: Adobe Photoshop & Adobe Illustrator.
Qual a  Garantia do curso?
Você pode ficar tranquilo, pois o risco é todo do produtor.
Se você por algum motivo não quiser mais o curso, o Viana vai devolver 100% do seu dinheiro de volta. Sem enrolação, basta me mandar um e-mail e pronto.

Tem certificado?
Sim, ao concluir o curso e apresentar as atividades propostas, você receberá um certificado de ESPECIALISTA EM DESIGN PARA SOCIAL MEDIA.

Vale a pena o curso Social Media Design?
Se você deseja atuar na área e está começando agora. Ou se você já atua mas ainda não sente bem preparado e está inseguro em relação ao seus trabalhos, sim esse curso é para você.

O curso é ministrado pelo Viana Patrício, profissional destaque dentro do maior portfólio de criativos do mundo, o Behance.
Com o curso Social Media Design você pode alavancar seus ganhos profissionais e potencializar a suca carreira profissional.
Acesse agora o curso online Social Media Design, clicando neste link. Confira mais sobre o curso e alguns projetos realizado por alunos do curso.
Considerações Finais
Trabalhar com social media pode ser um ótimo caminho para um designer que deseja trabalhar com criação. E não só isso. Isso também é uma excelente oportunidade de ganhos financeiros, já que a demandam por conteúdo em redes sociais só cresce.
Só para você ter uma ideia, segundo pesquisas, mais 62% da nossa população está conectada através das redes sociais e dos 5 apps mais baixados no Brasil em 2017, 4 são de interação social.
É uma conta simples: pessoas utilizando redes sociais + empresas cada vez mais investindo dinheiro em redes sociais = OPORTUNIDADES de trabalho e negócios para você designer e criativo.
E se você notou essa oportunidade que está aí para você, sugiro que comece da maneira certa que é estudando e se aprimorando.
Para isso eu indico o curso Social Media Design do Viana Patrício (CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS).
Até mais.
Forte abraço.
The post Social Media Design – Aprenda do zero Design para social media appeared first on Chief of Design.

Social Media Design – Aprenda do zero Design para social media
Fonte: Chef of Design

Calendário Restituição IR: Saiba todas as datas e entenda como funciona a TABELA

Calendário Restituição IR: Saiba todas as datas e entenda como funciona a TABELA

O calendário de restituição IR 2022 é extremamente interessante para aquelas pessoas que estão esperando a sua restituição de valores cobrados em excesso no imposto de renda.
Confira aqui todas as datas de pagamento de sua restituição. Veja abaixo o Calendário Restituição IR 2022.
RESTITUIÇÃO IRPF
Sendo um dos únicos momentos em que o governo devolve valores de forma direta para o contribuinte, este calendário se torna uma informação de grande utilidade para que você possa se organizar em relação à como investir esses valores.
Vamos explicar de forma mais detalhada como funciona o calendário de restituição IR 2022, quais são as vantagens e preferências que ele oferece de acordo com a lei e como você pode se manter atento aos prazos dele.
COMO FUNCIONA O CALENDÁRIO RESTITUIÇÃO IR 2022 E PORQUE É IMPORTANTE VERIFICAR AS DATAS?
O calendário de restituição IR 2022 é uma forma de se referir à tabela de restituição do IR, ou seja, ambas as expressões são, basicamente, a mesma coisa.
Esse calendário ou tabela possui as datas de envio dos lotes da receita federal para os bancos, que não é a mesma operação do recebimento dos lotes e o depósito na conta dos correntistas.
Sendo assim, é importante entender que o calendário de restituição IR 2022 é, na verdade, uma aproximação de quando você terá acesso a esses valores.
O prazo de liberação desses lotes nas contas dos correntistas varia de banco para banco, e vale um questionamento com o seu gerente sobre a questão.
CALENDÁRIO RESTITUIÇÃO IR 2022
O calendário em si funciona por lotes. O primeiro lote é um lote especial, que restitui os valores de imposto de renda de todas as pessoas que tem prioridade garantida por lei, como idosos e pessoas com doenças muito graves.
Primeiro lote de Restituição IR 2022
No total são 7 lotes, o primeiro começa a ser pago em junho e o último em dezembro.
Depois do primeiro lote, o calendário de restituição IR 2022 assume uma ordem relacionada com a entrega da Declaração IRPF 2022, por isso mesmo recomendamos que você faça  e entregue a sua declaração do imposto de renda o quanto antes, para acelerar o processo de restituição.
Confira as datas de pagamento da Restituição IR 2022

1º lote: 15 de junho
2º lote: 16 de julho
3º lote: 15 de agosto
4º lote: 17 de setembro
5º lote: 15 de outubro
6º lote: 16 de novembro
7º lote: 17 de dezembro

Idosos com mais de 60 anos, portadores de deficiência física, mental ou doença grave e contribuintes que enviaram a declaração no início do prazo têm prioridade de pagamento nos primeiros lotes.
RESTITUIÇÃO X TAXA SELIC
Um detalhe que muitas pessoas deixam de se lembrar é que os valores são restituídos com acréscimo da Taxa Selic + 1%. Ou seja, mesmo que você receba seus valores mais tarde, você vai receber um pequeno percentual a mais do que foi pago a mais no seu imposto de renda.
COMO CONSULTAR O CALENDÁRIO RESTITUIÇÃO IR 2022 E TER CERTEZA DA SUA RESTITUIÇÃO?
As informações mais específicas sobre as suas restituições do imposto de renda podem ser conseguidas diretamente no site da Receita Federal.
Além de consultar o calendário em si, você pode confirmar o status do seu envio e ainda verificar outras informações relacionadas, como a conta onde a restituição deve ser depositada.

Confira: Como fazer o seu cadastro MEI passo a passo

CONSULTAR PELO APLICATIVO
Outra forma mais eficiente ainda de se manter atualizado sobre o envio da sua restituição do imposto de renda para o seu banco é por meio do app Pessoa física, que te mandará uma mensagem sobre o envio por meio do celular.
CONSULTAR PELO E-CAC
Outras informações podem ser conseguidas pelo atendimento virtual da Receita (E-CAC), que você pode ter usado para enviar a sua declaração, se o fez pela internet.
CONCLUSÃO
Lembrando que a data de envio e o depósito na sua conta, além de não ser mais responsabilidade da Receita Federal, também marca o encerramento dos acréscimos que seus valores vão ter.

Calendário Restituição IR: Saiba todas as datas e entenda como funciona a TABELA
Fonte: Revista W

Como fazer o seu cadastro MEI passo a passo

Como fazer o seu cadastro MEI passo a passo

Quem presta serviços para uma categoria fora do padrão de trabalho, já deve ter ouvido falar do MEI. O MEI é uma forma do trabalhador brasileiro que é um microempreendedor, exercer seus serviços oficialmente. Esta categoria é bastante específica e pode trazer muitos benefícios, portanto, se você quer melhorar o seu negócio se tornando um MEI, leio o texto abaixo e siga os passos.




O que é o MEI?




MEI significa Microempreendedor Individual e é uma categoria de serviço destinada aos pequenos e grandes negócios. Quando passa a ser um MEI, o servidor fica encoberto por alguns benefícios muito importantes.





Com o serviço independente, o microempreendedor não pode utilizar seus direitos trabalhistas, e ao se formalizar, além de ser um servidor individual passa a ter alguns direitos, assim como deveres.




Quem pode participar?




É importante mencionar que nem todo empreendedor pode se tornar um MEI. Para tanto, é preciso preencher alguns requisitos bastante específicos. Como por exemplo, obter fatura de até R$ 81.000 por ano.





Além disso, o trabalhador que quer se formalizar, precisa já ter o seu próprio negócio. E vale mencionar que o mesmo não pode possuir outros vínculos de serviço, como por exemplo, ser sócio de uma outra empresa.





Quem é formalizado como MEI pode contratar no máximo um funcionário e é preciso que o tipo de serviço ou atividade estejam previstos na Resolução CGSN nº 140, de 22 de maio de 2018. O documento possui a relação de atividades permitidas pelo MEI.




Como fazer seu cadastro?




Se você está interessado em formalizar o seu negócio e se tornar um MEI, precisa seguir corretamente o passo a passo deste cadastro. Confira abaixo:





Passo 1: Acesse o portal oficial do empreendedor MEI. Nesta plataforma você terá acesso a todo conteúdo e informação que precisa para formalizar o seu negócio.
Passo 2: Clique em “Formalize-se”. Este botão está presente na plataforma e você deve ser redirecionado para começar o seu cadastro através dele.
Passo 3: Insira os primeiros dados. No começo, é necessário apenas CPF e data de nascimento. Nas próximas páginas, você deve inserir outras informações como título de eleitor ou o número da sua declaração de imposto de renda.
Passo 4: Informe os caracteres solicitados pela página.
Passo 5: Preencha corretamente os dados solicitados, assim como o formulário.
Passo 6: Confirme o seu cadastro. Quando finalizar o processo do formulário, você deverá informar o seu número de telefone para que receba o SMS de confirmação do cadastro.
Passo 7: Quando receber o seu SMS, insira o código na plataforma e confirme a sua inscrição MEI!


Como fazer o seu cadastro MEI passo a passo
Fonte: Revista W

Prova Anteriores ENCCEJA Confira os Gabaritos

Prova Anteriores ENCCEJA Confira os Gabaritos

O ENCCEJA é um Exame Nacional para Certificação de Jovens e Adultos nas Etapas de Educação Básica, para fazer inscrição no ENCCEJA é necessário ter completado 15 anos de idade, para obter Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou Ensino Fundamental é preciso fazer a Prova do ENCCEJA realizada em todo o território nacional também é possível a realização da Prova ENCCEJA em módulos ou disciplinas para os candidatos que tenham eliminado disciplinas em anos anteriores ou que tenham feito Supletivo Modular.
Prova Anteriores ENCCEJA
As Provas do Exame Nacional todos os anos recebem um gabarito que após a realização do ENCCEJA é divulgado na Página do Participante ENCCEJA e Portal INEP, através dos gabaritos é possível saber quais questões os participantes de anos anteriores acertaram e quais erraram, os gabaritos de anos anteriores podem ser utilizados para fins de confirmação dos resultados obtidos na Prova ENCCEJA ou nos estudos juntamente com as provas de anos anteriores.
Os Gabaritos das Provas ENCCEJA 2022  já estão disponíveis na Página do Participante ENCCEJA , bem como arquivo em formato PDF da prova realizada pelo participante, desta maneira os candidatos que não obtiverem aprovação no ENCCEJA terão oportunidade de reverem suas provas acertos e erros a fim de obterem melhores resultados nas próximas Provas ENCCEJA.
Portal INEP- Provas e Gabaritos
No endereço eletrônico do Portal INEP é possível baixar no computador, tablets ou celulares as Provas e Gabaritos do ENCCEJA de anos anteriores, desta maneira é possível observar como é realizada a prova, às formulação das questões, o que vai cair na prova de cada matéria ou competência e os tema de redações anteriores. A Consulta de Provas e Gabaritos anteriores é muito saudável para os estudos de que deseja fazer o exame, além disso é possível fazer um simulado da prova através da realização de Provas Anteriores.
Além do Gabarito Encceja 2022 também estão disponíveis no Portal INEP materiais para estudo, ao todo são oito apostilas que podem ser baixadas em tablets, celulares e computadores quatro apostilas destinadas aos alunos que vão fazer a Prova ENCCEJA do Ensino Médio e quatro apostilas para os alunos que farão a Prova ENCCEJA Ensino Fundamental.
Página do Participante ENCCEJA
Os participantes de anos anteriores do Exame Nacional para Certificação de Jovens e Adultos poderão ver as Provas de Anos Anteriores, bem como conferir as questões que obtiveram acertos e aquelas que devem estudar mais, a organização do concurso oferece através da Página do Participante ENCCEJA arquivo PDF da Prova realizada e também o Gabarito da Prova ENCCEJA que o participante realizou.
O acesso à Página do Participante ENCCEJA é feito através do Número do CPF e Senha Cadastrada na Plataforma INEP, além do Gabarito também a Página do Participante ENCCEJA mantém o participante informado de todas as etapas para realização do exame, após a inscrição o candidato terá acesso a Página do ENCCEJA onde estará disponível o Edital do ENCCEJA e informações sobre período de inscrição.
Na realização da Prova do ENCCEJA a data, local e horário de prova serão divulgados através do Cartão de Confirmação que também será disponibilizado na Página do Participante ENCCEJA, no Cartão INEP que também disponibiliza o Número da Inscrição do Participante.
Gabaritos e Provas Anteriores ENCCEJA
O Gabarito e a Prova no Formato PDF não possuem Número de Inscrição do Participante por isso não terão relação alguma com os resultados do ENCCEJA, já a divulgação do resultado aprovação e reprovação deverão conter o número da inscrição e também poderão ser vistas através da Página do Participante ENCCEJA.
O Gabarito e Prova de anos anteriores são importantes meios para obter melhores resultados nos estudos, através do  Gabarito e das Provas Anteriores é possível saber qual o conteúdo da Prova ENCCEJA e também fazer simulados para treinar a participação no exame.

Prova Anteriores ENCCEJA Confira os Gabaritos
Fonte: Revista W

Aplicativo Bolsa Família: Instalação e Consulta pelo CPF

Aplicativo Bolsa Família: Instalação e Consulta pelo CPF

O Ministério da Cidadania lançou o aplicativo Bolsa Família 2022, uma forma mais rápida do cidadão consultar o benefício pelo app da Caixa Econômica Federal. Disponível para Android e IOS, o aplicativo Bolsa Família 2022 é uma alternativa aos outros meios de consulta.
Mas, antes de fazer o download é preciso que a família já tenha feito o cadastro Bolsa Família 2022, uma vez que se faz necessário usar o CPF ou NIS (Número de Identificação Social) para conseguir entrar no app.
Saiba mais sobre como baixar, instalar e consultar seu benefício pelo aplicativo da Caixa. Vamos lá!
Para que serve o cadastro Bolsa Família 2022?
O CadÚnico – Cadastro Único – é um sistema do Governo Federal que reúne informações pessoais sobre famílias de baixa renda, em situação de pobreza ou extrema pobreza.
O Cadastro Bolsa Família é um cadastro importante para quem precisa do Bolsa Família, pois não basta atender aos requisitos: é obrigatório estar cadastrado no sistema, já que é uma forma de listar quem realmente precisa do auxílio financeiro.
Uma vez que você esteja apto a receber o Bolsa Família 2022, poderá consultar o benefício pelo aplicativo da Caixa Econômica Federal para se informar sobre seu cadastramento, mas também no Portal de Transparência do Governo. Veja a seguir!
Consulta do Bolsa Família pelo CPF
A consulta pública Bolsa Família 2022 é uma alternativa para quem não se adapta a aplicativos de smartphones. Por isso, existe o Portal de Transparência do Governo.
Através desse site, o cidadão pode consultar seu benefício pelo CPF. Então veja como fazer:

Acesse o Portal da Transparência do Governo Federal → Clicando aqui;
Escolha “Benefícios ao Cidadão”;
Clique em “Consulta”;
Selecione sua forma de consulta: por UF, Município, Beneficiário, etc).

Dessa forma, você terá acesso a uma lista de aprovados no programa, CPF, valor, e outros detalhes de quem recebe o Bolsa Família.
O que pode ser acessado no aplicativo Bolsa Família 2022?
Com o aplicativo do Bolsa Família 2022, o cidadão terá acesso a várias informações do benefício social, entre elas:

Datas de pagamento do benefício;
Extrato detalhado;
Consulta Pública Bolsa Família 2022;
Consulta das parcelas liberadas;
Postos de atendimento Caixa.

O app Bolsa Família ajuda a agilizar o atendimento, sendo desnecessário ir pessoalmente a uma das agências Caixa área realizar consultas simples, como um extrato, por exemplo.
Como baixar o aplicativo Bolsa Família 2022?
O aplicativo deverá ser baixado para quem utiliza o sistema Android ou IOS. Confira abaixo como realizar o download e abrir o aplicativo Bolsa Família 2022:

Faça o download em Play Store (Android) ou App Store (IOS);
Clique em “Instalar”;
Abra o app e informe seu CPF ou número NIS;
Pronto!

A partir do momento que você indica o número do seu documento, o aplicativo mostra as informações sobre seu Bolsa Família.
Vale ressaltar, no entanto, que é preciso estar inscrito no CadÚnico – Cadastro Único – para ter acesso às informações, caso contrário, o sistema não vai reconhecer seus dados.
Alternativas ao aplicativo Bolsa Família
Além do Portal de Transparência e do app Bolsa Família, é possível também consultar o benefício por outros meios, conheça:
SIBEC – Sistema de Benefícios ao Cidadão → Clique aqui para acessar.
Ainda que sejam boas alternativas, o aplicativo Bolsa Família é o mais completo e mais acessível, pois você poderá usá-lo em qualquer lugar.
Qualquer informação nova sobre o app da Caixa Bolsa Família, este artigo terá as atualizações devidas. Não perca as novidades!

Aplicativo Bolsa Família: Instalação e Consulta pelo CPF
Fonte: Revista W

Como criar um Manual de Identidade Visual: Guia completo

Como criar um Manual de Identidade Visual: Guia completo

Para ajudar na aplicação da Identidade Visual de determinada marca com consistência é de fundamental importância se orientar através de um guia com informações básicas de padronização, neste caso o Manual de Identidade Visual.

O Manual de Identidade Visual, ou manual de marca, é um documento técnico desenvolvido pelo designer, ou uma equipe de designer, podendo ser um material digital ou até mesmo impresso.

Neste conteúdo você encontrará importantes informações sobre o manual identidade visual de uma marca, com normas, especificações e recomendações para uma correta utilização.

A Identidade Visual é um fator completamente importante para qualquer marca que deseja se desenvolver no mercado em que atua e conseguir autoridade com o seu nome.

Além disso, toda e qualquer identidade deve seguir algumas regras para aplicação desta marca. Por este fato, é indicado que qualquer marca tenha o manual de identidade visual.

Porém, nem todas as pessoas sabem as principais informações sobre o manual de identidade visual e como criar um, por este fator separamos diversas informações para que você possa realizar a criação do melhor manual de identidade visual.

Desse modo, veja a seguir neste artigo:

O que é Manual de Identidade Visual?Como fazer um Manual de Identidade Visual?3 itens que não podem faltar em um Manual de Identidade Visual?5 Dicas para criar o melhor manual.

O que é Manual de Identidade Visual?

Manual de identidade visual – SENAC

O Manual de Identidade Visual ou manual da marca, significam a mesma coisa e representam um documento técnico, sobre todo o processo da identidade de uma determinada marca.

Este documento é criado pelo designer responsável ou por um equipe de designers e outros profissionais de comunicação. Assim, esse material indica diversas informações que nos orientam sobre quais cores usar, processo de aplicação do logotipo e diversos detalhes essenciais.

O manual da marca é uma ferramenta necessária, para que a marca seja respeitada e reconhecida pelos consumidores.

Sem contar que o manual de Identidade Visual, é importante para:

Manter um modelo de aplicação dos elementos visuais de uma determinada marca;Padronizar a aplicação em campanhas que a marca oferecer;Reduzir a quantidade de erros;Seguir e respeitar a aplicação dos elementos de uma marca. 

Como fazer um Manual de Identidade Visual?

Telewest Identity Guidelines Brand Manual

O manual de marca é um documento completamente importante. Sendo assim, deve ser pensado nos mínimos detalhes..

Em alguns casos pode ser necessário montar uma equipe com profissionais de marketing e publicidade, para elaborar determinar e listar quais elementos serão essenciais para o manual.

Isso será importante para mapear as informações e para construir uma prévia do índice.

De qualquer forma, listamos a seguir, os elementos mais básicos que compõe um manual.

Capa, índice e identificações

A primeira página do manual deve ser a capa. Nela tem a identificação da empresa a que ele pertence e já deve apresentar um padrão estético coerente com a identidade visual, assim como o manual por completo deve apresentar.

Capa Manual de Marca da Oi

O índice deve ser adotado quando o manual for extenso ou mais complexo para facilitar a pesquisa.

Índice do Manual de Marca da Oi

E por fim, deve-se conter uma página onde apresente os dados da empresa com os dados de contatos dos responsáveis, como nome do dono da empresa, diretores, telefone, email, site, e também dados de contato agência ou designer responsável pela criação.

Informações relevantes sobre a marca

Sabemos que um manual completo deve começar informando as principais informações sobre a marca. 

Sendo assim, pode ser indicado conter o propósito da marca e também um resumo sobre a história da empresa, valores, o que motivou o surgimento do negócio.

Dell- Propósito de marca

Estas informações irão facilitar, para que a organização realize campanhas, propagandas e tudo que envolva a marca e ofereça maior relação com o consumidor.

Aplicações do logotipo

O designer responsável pela criação do manual de identidade visual, deve informar todos os dados sobre o logotipo. Ou seja, deve informar os elementos, símbolos e outros que são relevantes, aplicações do logotipo, limitações e muito mais.

Desse modo, é importante mencionar:

Variações da marca

Uma marca pode ter variações ou não da marca. Normalmente essas variações são em forma horizontal e vertical. Caso a marca tenha tais alternativas, o manual de marca deve especificar como é aplicação e funcionamento dessas variantes.

Aplicação em fundos coloridos

Usos corretos e incorretos da marca Dell em fundos Coloridos

Como irá funcionar o processo de aplicação do logotipo em relação a variação das cores (em fundos com cores variadas e imagens).

Versões monocromática, em negativo e PB

Versão monocromática da marca SAMU

Aplicação da marca em versões monocromáticas, em negativo e também em preto e branco.

Tamanho mínimo aceitável

Dell – Tamanho mínimo aceitável

O dimensionamento do logotipo com tamanho mínimo aceitável.

Arejamento da marca

SAMU – Arejamento da marca

Área livre com espaço em mínimo de respiro ao redor da marca gráfica a ser respeitado para que não existam elementos muitos próximos que atrapalhem a legibilidade da marca.

Aplicação com outro elemento

Dell – Logo com slogan

Aplicação com outro elemento como um slogan, outra marca, símbolos de registro (R) e (TM), entre outros.

Aplicações proibidas

Aplicações proibidas do manual de identidade visual Spotify

Aplicações impróprias proibidas, pois deterioram a identidade visual.

Cores

Vale – Paleta de cores

Toda e qualquer marca possui as cores principais, ou seja, uma paleta de cores institucionais. Estas cores, possuem a função de oferecer a direção do uso dos tons na representação gráfica que se encontra nas embalagens, produto e tudo que for representar a imagem da marca, permitindo assim, manter coerência e uniformidade visual em diferentes aplicações.

Sendo assim, é necessário informar a paleta que será usada e principalmente os códigos RGB e CMYK de cada uma das cores presentes na representação gráfica da marca.

Informações sobre a tipografia

Família tipográfica do manual de marca da Fender

A tipografia é o modelo de fonte que será usado nos textos que representam a marca. Assim, é importante que o profissional informe todos os dados necessários sobre a tipografia, como estilos das letras, tamanho da fonte e muito mais.

Caso exista mais de uma família tipográfica, é necessário também informar o porquê e quando da utilização da mesma.

Fotografia

Dell – Fotografia de marca

Algumas marcas podem ter uma “identidade fotográfica”, mais conhecida como fotos que são usadas em diversos layouts, também é necessário conter no manual. Então, é importante informar o estilo das imagens e principalmente a abordagem das mesmas, para que não ocorra erros no momento de utilizar.

Outros recursos gráficos 

Owly – Mascote da Hootsuite´s

Os recursos gráficos são usados e aplicados em diversas campanhas ou até mesmo layout. Trata-se de componentes adicionais como texturas, padrões, mascotes, ícones e outros elementos visuais e sensoriais que auxiliam na identificação da marca. Desse modo, é de grande importância ter informações sobre estes recursos no manual.

Padrões – BlackBerry

Aplicações da Identidade Visual

O manual de marca contém diretrizes de aplicação e utilização correta da Identidade Visual. E as diretrizes podem reger aplicações para peças como:

Papelaria institucional;Embalagens;Aparência do PDV;Uniformes;SinalizaçãoSites, aplicativos e redes sociais,entre outros.

É importante lembrar que apenas a simulação em mockups não garante a aplicação certa e nem é um modelo para se utilizar na hora prática das aplicações.

Exemplos:

Cartão de visitas – Vale

Aplicação em embalagem do manual de identidade visual Lenovo

Aplicação em Uniformes – SAMU

Aplicação veículos – SAMU

3 itens que não podem faltar em um Manual de Identidade Visual?

Por ser um documento técnico e que pode ser uma fator principal para o sucesso de qualquer marca, é necessário levar em conta alguns fatores de grande importância que não podem faltar neste manual.

Paleta de cores;Logotipo;Tipografia.

Estes elementos são completamente fundamentais e não podem faltar de forma alguma em qualquer material de identidade visual, pois é o mínimo esperado.

É só para reforçar, nem sempre o manual de marca que você for criar precisa ser “super mega completão”. Tudo isso vai depender da complexidade do projeto, do cliente, entre outros fatores,

4 Dicas para criar o melhor manual de marca

Criar um manual de identidade visual, pode parecer algo complexo. Mas, é importante ressaltar algumas dicas para facilitar este processo. Sendo assim, para criar o melhor manual você precisa:

1- Levar em consideração alguns modelos de manuais

Sabemos que olhar e apreciar outros trabalhos faz com que ficamos totalmente inspirados em fazer algo, sem contar que você pode pegar algumas ideias e transformá-las para a sua marca.

Tomar alguns modelos como inspiração não irá prejudicar a sua marca nem nada do gênero, apenas tome cuidado para não realizar cópias, pois pode prejudicar a imagem da sua marca.

2- Opte em contratar um profissional para fazer o seu manual de identidade visual

Logicamente essa aplicação se aplica se você não for Designer.

Sabemos que o Designer é um profissional completamente habilitado para realizar estas atividades. Sendo assim, não desperdice tempo tentando economizar sem contratar um designer, pois você pode ter grandes fracassos e principalmente estresse.

3- Faça revisões quantas vezes for necessário do seu manual

Um documento complexo, assim como manual da marca, precisa de diversas revisões. Então, não tenha preguiça e faça quantas revisões for necessário. Além disso, certifique se contém todas as informações que não podem faltar em um manual.

4-  A sua marca realmente deseja passar isso para o público?

Não esqueça de analisar se a sua marca realmente precisa de um manual de marca. Nem todas as marcas precisam de um manual. E se for necessário, veja realmente o que o manual de identidade visual está oferecendo pode contribuir para o projeto.

Construa o seu Manual de Identidade Visual

Agora que você sabe sobre a verdadeira importância e as principais informações para construir um manual de identidade visual, você pode começar o quanto antes, mesmo como forma experimental para aprendizado.

E caso você precise de um conteúdo mais aprofundando sobre construção de Identidades Visuais quero aproveitar a oportunidade para te avisar que já estamos com inscrições abertas para o nosso Curso de Identidade Visual – IDV. Este curso te revelará como construir Identidades Visuais que tornam Marcas realmente reconhecidas positivamente pelo seu público-alvo.

⭐️ Curso de Identidade Visual ⭐️Saiba mais ➡ https://www.cursoidentidadevisual.com.br/

Espero que você tenha gostado do conteúdo! Aproveite e compartilhe este conteúdo com pessoas que precisam saber mais sobre Manual de Identidade Visual.

Em caso de dúvidas deixe seu comentário.

Abraço!!!
The post Como criar um Manual de Identidade Visual: Guia completo appeared first on Chief of Design.

Como criar um Manual de Identidade Visual: Guia completo
Fonte: Chef of Design

O que é o Cadastro Único e se inscrever?

O que é o Cadastro Único e se inscrever?

O Cadastro Único de 2022 é a forma que o governo federal encontrou de conhecer as famílias pobres ou extremamente pobres e que, por isso, precisam de auxílio financeiro. Vários benefícios e programas dependem do Cadastro Único 2022, como o Bolsa Família.
A inscrição no chamado CadÚnico é bem simples, mas é necessário preencher os requisitos se quiser fazer parte do programa Minha Casa, Minha Vida ou de outros benefícios do governo.
Neste artigo, no entanto, vamos falar sobre o Cadastro Único para receber o Bolsa Família. Acompanhe!
O que é CadÚnico?
O Cadastro Único 2022 – ou CadÚnico – é um formulário contendo todas as informações sobre cidadãos brasileiros em situação de baixa renda.
Esse formulário é usado pelo governo federal, Estados e municípios como forma de ajudar a conhecer onde e quem precisa das políticas públicas para melhorias de vida.
Aquelas famílias que precisam de tarifa social de energia elétrica, passe livre para deficientes, isenção de taxas para concursos públicos, etc, podem conseguir pelo CadÚnico, desde que preencham os requisitos.
Requisitos do Cadastro Único
Um dos programas que também se faz necessário o Cadastro Único é o Bolsa Família 2022. Famílias na extrema pobreza que ganham até R$ 89, ou em situação de pobreza ganhando até R$ 178, têm direito ao benefício do governo.
Saiba mais sobre isso nos tópicos seguintes!
Requisitos do Cadastro Único 2022
O primeiro requisito já mencionado neste artigo prevê o Bolsa Família apenas para famílias com renda per capita até R$ 178.
Para provar essa renda, é que se faz necessário o Cadastro Único 2022 feito por alguém maior de 16 anos, de preferência, mulher.
É importante levar todos os documentos exigidos até o local onde é feito o cadastro.
Dessa forma, basta aguardar resposta para saber se foi aprovado ou não e, finalmente, começar a receber o depósito mensal.

Leia também: Ficou desempregado? 8 atitudes que você não deve ter

Qual o valor do Bolsa Família?
A família de baixa renda recebe o valor de R$ 89, mas o benefício do Bolsa Família pode ser maior por conta dos dependentes e quem tem direito ao Bolsa Família 2022!
Quem tiver filhos até 15 anos, com gravidez ou lactantes, recebe R$ 41 cada. O máximo nessa categoria é de até R$ 205.
Já para quem tiver filhos entre 16 e 17 anos, o valor passa para R$ 48 cada. Nesse caso, o valor máximo para a família receber, tendo filhos nessa idade, é de R$ 96.
Além disso, há de se observar também que o cadastro para dar entrada no benefício dá direito ao cartão Bolsa Família 2022. O cartão magnético funciona como qualquer outro banco e deve ser desbloqueado para ativá-lo.
Como se inscrever no Cadastro Único em 2022?
Normalmente, as famílias mais necessitadas recebem a visita de agentes municipais para cadastramento ou recadastramento no benefício. No entanto, pode ocorrer de sua família não ter sido inscrita.
Nesse caso, basta ir até o CRAS – Centro de Referência de Assistência Social – do seu município munido dos seguintes documentos:

CPF;
Certidão de Nascimento;
Certidão de Casamento;
Identidade (RG);
Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI);
Carteira de Trabalho; ou
Título de Eleitor;
Comprovante de residência (conta de água ou luz).

Todas as informações prestadas ao CRAS devem ser atualizadas sempre que houver mudanças, como um novo membro familiar, situação de gravidez, mudança de residência ou alguém que deixou de morar no mesmo local.
Como saber se estou no Cadastro Único?
Existem três opções que você pode consultar se o seu cadastro no CadÚnico está feito. Todas são de acesso gratuito e exigem apenas confirmações de dados pessoais.
Com o CPF em mãos você pode:
Consultar cadastro no CadÚnico pela internet
Acesse o site do Consulta Cidadão, clicando aqui! Caso você já esteja inserido no cadastro de sua família, você saberá após enviar o formulário com seus dados pessoais.
Consultar cadastro no CadÚnico pelo Aplicativo
O uso do aplicativo ocorre da mesma forma. Disponível para Android ou IOS, após baixar em seu smartphone, basta apenas preencher o formulário exigido.
Consultar registro no Cadastro Único por telefone
Caso você tenha a opção de número fixo para a ligação, anote o número do CadÚnico e faça uma ligação gratuita:

TELEFONE CADASTRO ÚNICO: 0800 707 2003.


O que é o Cadastro Único e se inscrever?
Fonte: Revista W

Curso de Adobe XD – Curso de prototipação para começar a criar telas para aplicativos e sites

Curso de Adobe XD – Curso de prototipação para começar a criar telas para aplicativos e sites

Não tem como fugir. Para trabalhar com prototipagem em UX/UI design, além dos conceitos, o domínio de um software de qualidade é fundamental para desenvolver esboços e wireframes, e para criação de interfaces mobile, tablet e desktop. E o Adobe XD se destaca como umas das melhores ferramentas do mercado.

E para dominar os recursos desta ferramenta um curso que ensine você sobre os principais recursos pode ser fundamental para que você seja um profissional de destaque no mercado de trabalho.

Se você chegou até certamente é porque está procurando por um bom curso de Adobe XD, e antes que você desembolse uma grana investindo no primeiro curso que você encontrar eu te convido a ler esse artigo até o final, que além de explicar sobre essa ferramenta fenomenal eu vou te também apresentar uma forma gratuita e com conteúdo de qualidade para que você possa aprender essa ferramenta.

Vou te trazer também algumas informações sobre o Adobe XD para você entender o quanto é importante esta ferramenta. Sendo assim, nesse artigo você encontra:

O que é Adobe XD?Quando surgiu o Adobe XD? Adobe XD ou Figma, qual é a melhor ferramenta?Onde encontrar um bom curso de Adobe XD?O curso de Adobe XD do Chief of DesignO que você vai aprender no Curso de Adobe XD?Para quem é o Curso de Adobe XD?

O que é Adobe XD?

Adobe XD, ou Adobe Experience Design, é um software de prototipação, criação e edição de interfaces gráficas web e mobile, desenvolvido pela empresa Adobe Systems para profissionais das áreas de Web Design, UX Design e UI Design.

Sendo assim, o Adobe XD oferece a oportunidade para que o Designer possa projetar pensando na melhor a experiência do usuário no momento de navegar na aplicação.

Sem contar que esta ferramenta oferece recursos úteis para o Design Visual, para que você possa importar desenhos, ícones e outros ativos externos do Photoshop, do Sketch ou do Illustrator e até arquivos de imagens da sua máquina. Desse modo, é uma ferramenta completa para ajudar os profissionais de design na criação dos seus projetos.

A ferramenta, pertencente ao pacote Adobe Creative Cloud, é compatível com Windows e Mac. O seu download é gratuito, tendo como opção a versão pro, com algumas funcionais adicionais.

O app é um dos programas mais leves do pacote Adobe, podendo ser instalado sem exigir que o usuário tenha um computador ultra potente.

Uma ferramenta versátil e completa, utilizada pelo mercado de UI/UX Design, ou seja, se você deseja trabalhar com UI/UX Design saber utilizar essa ferramenta será essencial para a sua carreira

Quando surgiu o Adobe XD?

O Adobe XD teve sua primeira versão lançada no ano de 2016, todas as pessoas que tinham uma conta Adobe podiam acessar a versão para macOS que recebia o nome de “Adobe Experience Design CC”.

A partir da primeira versão, a plataforma foi se desenvolvendo, oferecendo novas ferramentas e assim lançando outras versões.

O grande diferencial no Adobe XD para as outras plataformas em primeiro momento é que disponibiliza algumas ferramentas que nenhuma outra ferramenta de design tinha, como:

Design de Voz;Redimensionamento Responsivo;Plugins personalizados;Protótipo e animação;Grade de repetição.

Adobe XD ou Figma, qual ferramenta é melhor?

Se você trabalha com UX/UI Design, certamente deve estar preparado para comparar algumas plataformas existentes no mercado e saber qual usar.

Afinal, as duas são boas e servem para criar protótipos, mas sempre existe uma grande duvida para saber qual usar para seus projetos. Sendo assim, é preciso levar em conta alguns fatores, como por exemplo as suas necessidades.

Além disso, você deve identificar quais as particularidades das duas, às vezes uma tem mais especialidades que você irá usar. 

Assim, trouxemos algumas comparações sobre sistema, prototipagem, colaboração, plugins, funcionalidade, valor, qual trabalha melhor de forma offline e os pontos negativos de cada uma dessas ferramentas. Desse modo, você pode tirar suas próprias conclusões e descobrir qual é a melhor para os seus projetos.

Sistema

O sistema é um fator principal e que deve ser analisado quando comentamos sobre estas ferramentas de design, pois por um longo período estas plataformas funcionavam apenas com o sistema macOS.

Figma – O figma é uma plataforma que funciona em qualquer equipamento, hora e lugar, pois é online e muito acessível.

Adobe XD – Pode ser usado apenas no Windows e macOS

Criação de protótipos

Esta é uma grande funcionalidade presente nas duas ferramentas de interface e design.

Figma – Este recurso de prototipagem foi inserido no Figma a partir de 2017.

Adobe XD – Esta ferramenta já foi desenvolvida com a criação de protótipos, em que oferece a modalidade de realizar a prototipagem de interfaces de voz e animada.

Colaboração

O processo de permitir que um conjunto de pessoas trabalhem no mesmo projeto em tempo real é de suma importância para a produtividade e bom desempenhos dos profissionais.

Figma – A ferramenta foi criada com o objetivo de colaboração em que as alterações no projeto podem ser realizadas em tempo real e de forma simultânea. Além disso, o figma oferece diversas ferramentas para o processo de divisão dos trabalhos e muito mais.

Adobe XD – O recurso de colaboração no XD surgiu apenas em 2019 e não possui muita diferença das plataformas tradicionais.

Plugins

Os plugins são fatores essenciais para qualquer design, assim como o Excel é para organização financeira, pois automatizam as tarefas e oferecem mais funcionalidade para as plataforma de design.

Figma – Este tem a sua biblioteca própria de plugins, sem contar que é possível adicionar na interface os plugins criados pela comunidade.

Adobe XD – Você precisa da versão 13.0 do XD para exibir, gerenciar e criar plug-ins. O desenvolvimento e o gerenciamento de plug-ins são compatíveis com as plataformas Windows e macOS.

Funcionalidade

As funcionalidades destas plataformas devem fluir bem para que os projetos tenham bom desenvolvimento.

Figma – Oferece diversas funcionalidades que funcionam perfeitamente bem, como o fato de salvar cada modificação de forma automática na nuvem, o processo de colaboração sem complicações entre as equipes, sua acessibilidade que pode ser realizado de qualquer navegador e muito mais.

Adobe XD – É uma ferramenta que faz uma ótima integração com Photoshop e Ilustrator, também é possível realizar a importação de uma aplicação para outra sem complicações.

Valor

As duas ferramentas oferecem planos gratuitos e mensais uns com menos e outros com mais recursos, dependendo da necessidade de cada usuário. Os planos com mais recursos são os mais caros, e para identificar os valores de cada um é necessário ir até a plataforma.

Qual ferramenta trabalha melhor offline?

Com o dia a dia tão corrido, nem sempre é possível ter acesso a uma rede de Wifi, sendo assim, é importante que estas plataformas tenham a opção de trabalhar offline.

Figma – Depende de uma conexão com a internet para ser usado. Mas se caso perder a conexão com o Wifi, a plataforma vai salvar todas as informações quando você entrar online novamente.

Adobe XD – Neste você pode usar o modo offline da mesma forma que o online, sem nenhum problema.

Pontos negativos

No Figma é possível observar que o único ponto negativo é a conexão com a internet, pois a plataforma não atende as expectativas offline.

Em relação ao Adobe XD, é uma ferramenta jovem, então possui alguns pontos a serem melhorados.

Caso você queira também conhecer um bom curso de Figma clique aqui neste link!

Onde encontrar um bom curso de Adobe XD?

Sabemos que seu maior objetivo é encontrar um bom curso de Adobe XD, e como você está na fase de pesquisa, já encontrou, ou pode encontrar, diversos cursos. Entretanto se você quer um curso onde você pode começar a aprender agora, sua busca pode se encerra por aqui. Isso porque nós temos um curso de Adobe XD , que além de GRATUITO, o conteúdo cobre os aspectos principais para você usar essa ferramenta, sendo um dos mais completos que você pode encontrar.

Vou detalhar melhor nos próximos tópicos.

O curso de Adobe XD do Chief of Design

Como já falei o curso de Adobe XD do Chief of Design é totalmente gratuito e você pode acessá-lo através do Canal do Chief of Design no Youtube.

O curso de Adobe XD é importante para que você passe a ter mais afinidade com a plataforma e assim realizar os seus trabalhos com mais facilidade. 

O que você vai aprender no Curso de Adobe XD?

Neste curso de Adobe XD você vai aprender do básico ao avançado, um passo a passo completo, passando por um review da ferramenta até chegar na criação de um protótipo de uma interface de um site.

Você verá como criar desde wireframes de baixa, média e alta, até o design final. Você terá aulas sobre:

Instalação do Adobe XDBarra de FerramentasPranchetasGridsPentool e formas geométricasTextosComo importar um PSD no Adobe XDComo criar e usar AssestsImagens, SVG e criar máscarasComo criar protótipo navegávelComo exportar os arquivosRepeat GridUI KitsPlugins e integraçõesComo criar um site modelo no Adobe XD.

Você também terá acesso a conteúdos avançados como:

Tutorial avançado para construção de interface para site;Como criar sites exportando do Adobe XD para o Elementor WordPress.

Para começar a aprender agora, clique neste link para ter acesso exclusivo.

Para quem é o Curso de Adobe XD?

Este curso foi criado especialmente para estudantes de Design, Designers que buscam novas habilidades, UX Designers, Designers Gráficos, Desenvolvedores e Entusiastas que buscam aprender novas habilidades.

E não importa se você está iniciando ou se já tem expertise na área, pois o curso vai desde o básico, passando pelos mínimos detalhes até chegar na elaboração de um protótipo de um site.

Conclusão

O Adobe XD é uma ferramenta importante para qualquer profissional da área de design. 

Sendo assim, se você deseja fazer parte deste mercado ou tem interesse, conheça o nosso curso sobre Adobe XD, ele é totalmente gratuito e foi pensado em você que busca aprender mais que o básico de forma acessível.

No nosso curso de Adobe XD você aprende desde o processo de instalação da ferramenta, passando pelo processo de criação de interface para sites, até como realizar o processo de exportação do Adobe para o Elementor. 

Não perca esta grande oportunidade e acesse agora mesmo esse link para acessar o seu curso de Adobe XD completo e gratuito!
The post Curso de Adobe XD – Curso de prototipação para começar a criar telas para aplicativos e sites appeared first on Chief of Design.

Curso de Adobe XD – Curso de prototipação para começar a criar telas para aplicativos e sites
Fonte: Chef of Design

Matrícula Online Recife PE 2022

Matrícula Online Recife PE 2022

Pensando em colocar seu filho na rede pública de ensino do Recife? Saiba que através da Matrícula Web 2022, é possível reservar a vaga que deseja preencher. Tudo acontece online, então para reservar a matrícula na escola que deseja você só precisa ter acesso à internet. A matrícula online Recife PE 2022 facilita a sua vida, porque apenas com alguns cliques você já concorre a vaga!
Matricula online Recife PE 2022
Através do portal criado pela Prefeitura de Pernambuco, você poderá reservar a vaga do seu filho na escola pública desejada. O procedimento é muito simples, será necessário apenas preencher o formulário e escolher a escola que pretende.
Com a ajuda da tecnologia tudo ficou mais fácil, agora você não precisa mais gastar tempo e se estressar em filas só para reservar a vaga na escola que pretende matricular seu filho. Através da matrícula online Recife PE 2022, tudo é resolvido!

Saiba como funciona a matrícula online Recife PE?
Ao acessar o portal oficial para fazer a matrícula web 2022, você vai se deparar com um formulário. Preencha-o, porque é muito importante que o sistema localize os dados do aluno.
O próprio sistema de dar informações de vagas, além de informar as escolas que estarão disponíveis para esse processo de matrícula.
Então fique ciente de que tudo ocorre online, para não perder o período de matrícula fique atento ao site oficial da prefeitura de Recife.

Etapas da matrícula online
É importante saber exatamente como tudo funciona, porque se você não estiver bem informado e perder algum prazo poderá se complicar. Para te ajudar a entender melhor como tudo acontece, veja as etapas da matrícula online Recife PE!

Realização da reserva da Matrícula na rede municipal de Recife através do portal da prefeitura;
Comparecimento a escola para efetivação da matrícula – Esse é o momento onde será necessário levar os documentos exigidos pela escola.

Calendário de inscrição
Para que os alunos não acabem perdendo a época de inscrição, a Secretária de Educação libera todos os anos o calendário com todas as datas de inscrição.
Confira logo abaixo o calendário atualizado:

Pré-cadastro: 09 a 21 de dezembro;
Matrícula online: 04 a 20 de janeiro.

Fácil não é?! Mas saiba que se você perder o prazo de ir até à escola efetivar a matrícula, sua vaga será passada para outro aluno.
Matricula online Recife 2022
Deseja matricular seu filho na rede pública de ensino do Recife? Então, confira o tutorial a seguir para fazer a matricula online Recife PE 2022!

Acesse o site da Matrícula Fácil, ou clique aqui;

Portal da Prefeitura de Recife

Confira o calendário, se abertas as matrículas clique na opção de “Inscrever-se”;
Escolha a opção da cidade de Recife, preencha o formulário de acordo com o que é exigido;
Finalize a inscrição que reserva a vaga desejada.

Ao finalizar a matrícula, fique atento a data de comparecimento na escola escolhida para efetivar a matrícula e ocupar definitivamente a vaga. Saiba que será necessário levar alguns documentos da matricula online Recife PE 2022 de acordo com as especificações escolares do seu filho.
➜ Documentos necessários
Os documentos que serão analisados são os seguintes:
Estudantes menores de 18 anos

RG e CPF – Se o aluno tiver;
RG e CPF do responsável;
2 fotos 3×4 – Precisam ser recentes;
Carteira de vacinação;
Certidão de nascimento – Esse documento deverá ser do estudante;
Cartão do SUS;
Comprovante de residência – Atualizado (O mais recente);
Documento de transferência da escola anterior – Caso seja a primeira vez nessa escola.

Estudantes maiores de 18 anos

RG e CPF;
Cartão do SUS;
Comprovante de residência;
Certidão de nascimento ou casamento – Depende da sua situação;
2 fotos 3×4 – Devem ser recentes;
Documento de transferência da escola – Caso precise.

Pronto! Os documentos serão analisados, caso esteja tudo bem a vaga será preenchida.



Matrícula Online Recife PE 2022
Fonte: Revista W

Curso de Figma pode ser essencial para sua carreira

Curso de Figma pode ser essencial para sua carreira

Você se imagina dominando os principais recursos para prototipação e criação de telas para interfaces de sites e aplicativos?

Pois bem, o Figma é uma ferramenta que oferece e possibilita o domínio deste recursos. E um bom caminho para você aprender mais rápido é através de um curso.

E se está perambulando pela internet pensando em adquirir um curso de Figma, antes de qualquer coisa te convido a ler este artigo. Não se afobe, leia até o fim, que seu bolso irá agradecer.

Neste artigo trouxemos algumas informações para que você possa criar as melhores interfaces. E de quebra indicar uma forma gratuita e com conteúdo de qualidade para você aprender a dominar essa ferramenta fantástica.

Sendo assim, veja a seguir:

Figma o que é?Quando surgiu o Figma?Como usar o Figma?Porque o Figma é importante?Onde encontrar um bom curso de Figma?O curso de Figma do Chief of Design

Figma o que é?

O Figma é uma ferramenta de design voltado para a prototipação de interfaces e muito usada por profissionais das áreas de UX/UI Design, pois possuem recursos que facilitam trabalhar com Design de Interfaces.

Esse editor serve para colaborar, criar, controlar e prototipar interfaces gráficas, mas ele também é versátil e você pode criar outras peças gráficas com ele.

Portanto o Figma é um editor online que ajuda no trabalho dos profissionais da área de UX/UI Design, que possuem como objetivo entender o comportamento do usuário, e o Figma facilita todo esse processo realizado por estes profissionais.

Uma das coisas mais interessantes nesta ferramenta é que, por possibilita trabalhar com ela online, permite que um conjunto de designers possam trabalhar em um mesmo projeto juntos.

Sendo assim, o Figma ajuda e facilita o trabalho remoto de diversos profissionais da área de Design. Logo, é uma ferramenta essencial na vida de todos os profissionais ou pessoas que desejam trabalhar nesta área. 

Além disso, este editor oferece diversos planos gratuitos e pagos, sem contar que também possui o apoio de alguns aplicativos como o MacOs e Windows, não só como também oferece a ferramenta em aplicativo para Android (iOS) e iPhone para visualização dos projetos construídos no desktop.

Quando surgiu o Figma?

Inicialmente este editor tinha uma utilidade muito parecida com a dos seus concorrentes, com uma interface e funcionalidade bem simples, assim como as outras ferramentas que o mercado já oferecia. 

Então, para que pudesse se diferenciar dos seus concorrentes começou a buscar saídas e oportunidades de mercado, em primeiro plano criou uma versão gratuita e aberta ao público em geral. Mas a sua principal intenção sempre foi fazer desta plataforma algo mais fácil e colaborativo.

Assim, a nova atualização da plataforma foi fazer com que todos os profissionais de Design pudessem trabalhar no mesmo projeto e ao mesmo tempo. Essa foi uma modificação que parecia ser simples no mercado, mas fez com que esta ferramenta se tornasse a preferida, mais eficiente e eficaz para muitos profissionais desta área.

Como usar o Figma?

Interface do Figma

Primeiramente você precisa acessar o site do Figma e deve criar uma conta e escolher um plano para começar a fazer os seus projetos. Você começar tudo do zero, ou além disso, você pode escolher templates em uma aba específica (Comunidade) para que o seu projeto possa atender a diferentes necessidades e recursos. Lá você encontra desde plugins, passando por UI Kits, até mockups e templates para layouts de dispositivos móveis e muito mais.

Depois de escolher o template para o seu projeto, pode começar com a edição, podendo inserir imagens, textos e efeitos e tudo que achar necessário. Ao realizar o seu projeto, pode exportar o mesmo para PDF, realizar a simulação no navegador ou até mesmo exportar elementos do layout de forma separada para a equipe de desenvolvimento.

Outro fator importante sobre o editor, é que você não precisa ficar salvando o seu projeto constantemente, pois a plataforma é sincronizada com a nuvem, então qualquer alteração feita no seu projeto é salva e você não precisa se preocupar com isso.

Porque o Figma é importante?

Esta ferramenta de prototipagem pode ser importante para quem é UX Designer, UI Designer, Product Designer, enfim, todos designers de produto digital. Isso porque ela é a ferramenta mais utilizada por Designers que atuam com produto digital.

Além da sua popularidade, o Figma é ótimo porque oferece todo o suporte e elementos necessários que um projeto de Design precisa. Além disso, facilita para que membros de uma equipe possam trabalhar juntos em um mesmo projeto, aumentando a produtividade e facilitando a criação de um trabalho com uma equipe remota.

Veja a seguir algumas funcionalidades do Figma:

Gerenciamento de projetos

Possui um sistema de gerenciamento de projetos, assim a equipe pode classificar os trabalhos entre os integrantes, selecionar os administradores do projeto, editar e visualizar os documentos quando achar necessário.

Ferramentas de vetorização

O editor possui uma ferramenta própria para realizar vetorização nos projetos. Estes vetores não possuem direção e os pontos podem se conectar com diversas linhas ao mesmo tempo.

Artboats

Cada um dos seus projetos permitem o processo criativo de diversas Artboats ao mesmo tempo, com muita fluidez e principalmente facilidade.

Onde encontrar um bom curso de Figma?

Sabemos que seu maior objetivo é encontrar um bom curso de Figma, e como você está na fase de pesquisa, já encontrou, ou pode encontrar, diversos cursos. Entretanto se você quer um curso onde você pode começar a aprender agora, sua busca pode se encerrar por aqui. Isso porque nós temos um curso de Figma, que além de GRATUITO, o conteúdo cobre os aspectos principais para você usar essa ferramenta, sendo um dos mais completos que você pode encontrar.

Vou detalhar melhor no próximo tópico.

O curso de Figma do Chief of Design

Como já falei o curso de Figma do Chief of Design é totalmente gratuito e você pode acessá-lo através do Canal do Chief of Design no Youtube.

Com o curso de Figma do Chief of Design você aprenderá os passos iniciais para começar na plataforma, como se cadastrar e realizar a instalação no seu PC caso achar necessário. Além disso, você aprenderá como fazer projetos, desde a criação do produto até o processo de testes, ferramentas disponíveis, como realizar os primeiros projetos e muito mais.

Para você ter uma ideia nosso curso apresenta os conceitos fundamentais sobre o Figma, que você precisa aprender se quiser mexer com prototipação e trabalhar na área de UX, como:

Processo inicial – Para que você saiba como iniciar os seus projetos no editor online.Criação de protótipos – A criação de protótipos é uma das principais funções do Figma.Edição e criação de efeitos – Todos os projetos precisam de uma boa edição e criação de efeitos, pois é algo essencial para qualquer projeto que envolve design.Plugins – Saber quais Plugins são disponíveis e essenciais para a criação de qualquer projeto e como instalar na plataforma.

Você também terá acesso a conteúdos avançados como:

Criar landing pages no Figma;Simular breakpoints;Integrar Figma com Elementor WordPress; Prototipar um app, entre outros conteúdos avançados.

Conclusão

O Figma é uma ferramenta de criação de protótipos completamente importante para qualquer pessoa que deseja se inserir no mundo do design, principalmente com UX. Além de ser totalmente essencial para qualquer projeto que um profissional da área precisa desenvolver.

Sendo assim, se você é um profissional que atua na área de Design precisa saber como utilizar esta ferramenta e como desenvolver seus projetos.

Você se interessou por este editor online? Então, conheça o nosso curso que é totalmente gratuito, online, completo e com aulas especiais .

Então o que você está esperando? Acesse nosso curso!!!.
The post Curso de Figma pode ser essencial para sua carreira appeared first on Chief of Design.

Curso de Figma pode ser essencial para sua carreira
Fonte: Chef of Design